menu

Internacional

18/04/2015


Estado Islâmico assume responsabilidade por atentado que matou 33

O Estado Islâmico reivindicou o atentado suicida que fez pelo menos 33 mortos e mais de uma centena de feridos hoje (18) em Jalalabad, no Afeganistão, informou o presidente Ashraf Ghani. “Quem reivindicou este atentado? Não foram os talibãs, foi o Estado Islâmico que reivindicou o ataque”, disse ele.

Se forem confirmadas as informações divulgadas pelas autoridades afegãs, este pode ser o primeiro atentado do Estado Islâmico no Afeganistão. Entretanto, um homem que se apresentou como porta-voz da organização extremista disse que o autor do atentado foi o grupo, que atua na Síria e no Iraque.

O diretor do hospital da província de Nangarhar, cuja capital é Jalalabad, Najeebullah Kamawal, disse que chegaram à unidade corpos de 33 pessoas e mais de 100 feridos. Antes, as notícias davam conta de 22 mortos e 50 feridos.

Segundo o chefe da polícia da província de Nangarhar, Fazal Ahmad Shirzad, a explosão ocorreu no exterior de um banco onde funcionários do governo recebiam os salários.

Agência Lusa

Notícias relacionadas