menu

Brasil

03/11/2015


Estado torna permanente comitê de convivência com a estiagem

O Governo do Estado tem atuado em várias frentes no sentido de minimizar os efeitos causados pela estiagem no semiárido pernambucano. Nesse sentido, o governador Paulo Câmara tornou permanente, nesta quarta-feira (11), por meio de um decreto, o Comitê Integrado de Convivência com a Estiagem. Formado por 23 secretarias e entidades da sociedade civil, o colegiado formulará políticas públicas e um conjunto de ações de curto, médio e longo prazo para garantir o abastecimento de água para consumo humano e produção rural. A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, participou da cerimônia, realizada no Palácio do Campo das Princesas, e reforçou que o Governo Federal se unirá ao esforço de Pernambuco.


Coordenado pela Secretaria estadual de Agricultura e Reforma Agrária (Sara), o comitê já funcionava de maneira temporária desde 2012, quando foi criado pelo ex-governador Eduardo Campos. Com o decreto assinado nesta quarta, ele passará a estimular a convivência dos pernambucanos com escassez de chuva, característica do semiárido. As reuniões serão mensais e sempre que houver necessidade.


Paulo Câmara confirmou para 2015 a entrega de 31 mil cisternas em diversas modalidades, priorizando escolas, postos de saúde e centros de assistência social. "A nossa intenção é garantir o funcionamento dos serviços públicos nas áreas mais afetadas pela estiagem", cravou o governador, salientando que os resultados do trabalho do comitê serão monitorados por ele e sua equipe.


Sobre os projetos de convivência com o semiárido, a ministra Tereza Campello ressaltou que será necessário juntar ações em diversas áreas. "Estamos aqui para dar um apoio à constituição do comitê e garantir a parceria entre o Estado e a União", disse a titular do Desenvolvimento Social. "Acredito que é juntando esforços que conseguiremos melhorar a situação do nosso povo", completou.


PARCERIAS – Antes da assinatura do decreto que tornou o comitê permanente, o governador recebeu a ministra e a sua equipe técnica. Na oportunidade, Paulo discutiu com Tereza Campello a possibilidade de novos convênios e apresentou o atual cronograma de investimentos.


Câmara garantiu a entrega das obras em andamento no Estado e endossou a importância das parcerias. "Em um ano de muitos desafios, nós temos que potencializar as oportunidades. Por isso, estamos confiantes que a nossa parceria com o Governo de Federal será mantida em 2015", reiterou o governador, que, na ocasião, estava acompanhado de membros do Comitê Integrado de Convivência com a Estiagem.


MST – No primeiro encontro com representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST), o governador Paulo Câmara recebeu uma pauta de reivindicação e determinou que a interlocução entre os órgãos do Estado e o MST será centralizada pelo secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Nilton Mota. A proposta é avançar no debate das demandas internamente e apresentar uma proposta ao movimento ainda no primeiro semestre.


"Vamos dar andamento às ações que já estão em curso com o máximo de celeridade e transparência, cobrando a sistematização de informações e a articulação com as demais secretarias", enfatizou Nilton Mota.

 

 

Fazem parte do Comitê Estadual de Convivência com a Estiagem:


Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária


Secretaria da Casa Civil


Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude


Secretaria de Desenvolvimento Econômico


Secretaria Executiva de Recursos Hídricos


Secretaria de Saúde


Secretaria de Defesa Social


Secretaria de Educação


Secretaria de Planejamento e Gestão


Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação


Secretaria de Micro e Pequena Empresa, Qualificação e Trabalho


Secretaria de Mulher


Procuradoria Geral do Estado (PGE)


Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco


Casa Militar/ Coordenadoria da Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe)


Compesa


Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA)


ProRural


Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape)


Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe)


Conselho Estadual de Desenvolvimento Rural Sustentável


Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional


Articulação do Semiárido Brasileiro (ASA)

Notícias relacionadas