menu

Brasil

09/03/2015


Estaleiro de reparos de Lucena avança e deve começar as obras em 2017

Um dos maiores investimentos feitos no Litoral Norte deve avançar nos próximos meses. Anunciado em 2013, o estaleiros de reparos de Lucena, que será construído pelo grupo americano McQuilling Services LLC, foi discutido na semana passada entre o diretor comercial do grupo, seu representando no Brasil, o governador Ricardo Coutinho e secretários do estado.

Segundo informações da Secretaria de Comunicação do Estado, o projeto já foi finalizado e o processo de licenciamento ambiental deve ser iniciado em breve. A operação do maior estaleiro de reparos e docagens de navios do hemisfério Sul deve começar em 2017, com expectativa de 36 meses para chegar à funcionalidade plena.

Com investimento de R$ 1,9 bilhão, o estaleiro contará com cais de 2,3 mil metros, duas docas, um hidrolift para pequenas e médias embarcações de 10 mil toneladas, além de dois diques secos capazes de receber navios de grande porte como Valemax e VLCCs. A área total da instalação será da ordem de 800 mil metros quadrados, das quais 600 mil serão de área seca e os outros 200 mil metros quadrados de área projetada sobre a água.

A obra deve gerar 1.500 empregos diretos e outros 4.500 postos de trabalho de maneira indireta, ampliando o desenvolvimento da região. Atrelado ao estaleiro, o projeto da ponte que liga Cabedelo a Lucena se torna essencial, pois, se aprovado, vai facilitar a locomoção dos futuros trabalhadores do estaleiro, proporcionando comodidade, segurança e praticidade, tendo em vista que não será necessária apenas a utilização do transporte náutico da região.

Notícias relacionadas