menu

Brasil

12/11/2013


Estudantes começam a usar teste digital em vez do Salvador Card

BAHIA


 

Os estudantes do Colégio Estadual Landulfo Alves, situados no bairro da Calçada, são os primeiros a utilizar a digital como teste biométrico, substituindo o Salvador Card, como meia passagem em ônibus. O teste começa a valer a partir de hoje. Conforme o gerente de coordenação do programa biométrico, Cláudio Mala, 98% dos estudantes do Landulfo já estão cadastrados, porém, o programa ainda está sendo testado.

Segundo Cláudio, o ônibus da empresa Transol, que faz linha Alto do Cabrito/Lapa, já está com o equipamento instalado e hoje os alunos já começam a testar o sistema biométrico.

“Esse cadastramento começou no início desse ano, mas sem um compromisso dos alunos. Alguns não quiseram fazer, outros aceitavam, mas não era obrigatório. Agora, estamos cadastrando os estudantes e vamos dar seguimento pelos colégios estaduais Eraldo Tinoco, Augusto Tourinho Dantas, Thales de Azevedo e Djalma Pessoa e esperamos que até janeiro do ano que vem, todos estejam cadastrados”, reforçou Cláudio.

Os coletivos que serão adaptados ao novo sistema pertencem às empresas Verdemar, que faz linha Sete de Abril/Lapa, Rio Vermelho, da linha Parque São Cristóvão/Barroquinha e Estação Mussurunga Barra 3, também da empresa Rio Vermelho.

Cláudio disse que essas linhas atendem os estudantes dos colégios citados e no futuro, a ideia é se estender por todos os usuários que tem benefícios em meia passagem, ou aqueles que são funcionários públicos e são beneficiados com o transporte gratuitos.

“Assim que o prefeito dizer que o teste foi aprovado, os estudantes terão postos terceirizados espalhados por vários bairros da capital e também através da internet para comprar os créditos. “Esse novo método será legal, uma vez que o estudante não precisa se preocupar com perdas do cartão e também evita que outras pessoas utilizem os créditos do aluno”, acrescentou o gerente Cláudio.

Além dos estudantes que estão em teste, 100 rodoviários e quatro empresas operadoras também estarão em fase de teste. O sistema será implantado definitivamente em fevereiro de 2014.

Vale ressaltar, que o cartão não será substituído e o uso da digital do estudante será um adicional de segurança para confirmar a identidade do proprietário do benefício. Quem não o fizer, não mais poderá comprar créditos para o Salvador Card.
 

iG Bahia

Notícias relacionadas