menu

Brasil

14/11/2013


Estudantes de Pernambuco vencem a Competição Baja SAE BRASIL – Etapa Nordeste

PERNAMBUCO

Foi de Pernambuco o pódio da 8ª Competição Baja SAE BRASIL – Etapa Nordeste realizada neste fim de semana, 8 a 10 de novembro, no Estádio Municipal de Camaçari, na Bahia. A campeã na competição foi a equipe Mangue Baja 1, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que alcançou 752,82 pontos na classificação geral. Confira o pódio:

1ª colocada – equipe Mangue Baja 1, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com 752,82 pontos.

2ª colocada – equipe Cactus Baja, da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA/RN), com 637,88 pontos.

3ª colocada – equipe Parahybaja, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG/PB), com 630,72 pontos.

4ª colocada Baajatinga, da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf/BA), com 588,05 pontos.

5ª colocada – equipe Car-Kará, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (RN), com 581,81 pontos.

Compareceram à competição 14 equipes, de um total de 18 inscritas. As equipes, formadas por universitários de engenharia, representaram instituições de ensino da Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe, disputarão a Etapa Nordeste, preparatória para a competição nacional, em São Paulo.

Para disputar a competição, as equipes projetaram e construíram carros off road, dentro das instituições de ensino. Em Camaçari, as provas começaram na sexta, dia 8, com apresentação oral dos projetos. No sábado (9), aconteceram as avaliações de segurança, conforto, manutenção & custos, capacidade trativa, desempenho de dirigibilidade e final de projetos. Todos os carros foram avaliados por juízes – engenheiros da indústria automotiva. No domingo, dia 10, os carros foram submetidos à prova de arrancada e ao enduro de resistência, com três horas de duração e numa pista de terra, em condições severas para as equipes e os carros, chamados Baja SAE.

NACIONAL – A Etapa Nordeste constitui uma oportunidade para as equipes trocarem conhecimentos e aperfeiçoarem os veículos fora de estrada que irão disputar a Competição Baja SAE BRASIL-PETROBRAS, que será realizada em março de 2014, em Piracicaba, São Paulo, com cerca de 70 equipes de todas as regiões do Brasil.

Além da Etapa Nordeste, a SAE BRASIL realiza mais duas competições regionais durante o ano: a Etapa Sudeste e a Etapa Sul, ambas realizadas.

CARROS – Os veículos Baja SAE são protótipos de estrutura tubular em aço, monopostos, para uso fora-de-estrada, com quatro ou mais rodas e devem ser capazes de transportar pessoas com até 1,90m de altura, pesando até 113,4 kg e motor padrão de 10 HP. Os sistemas de suspensão, transmissão, freios e o próprio chassi são desenvolvidos pelas equipes, que têm, ainda, a tarefa de buscar patrocínio para viabilizar o projeto.

“O objetivo do conhecimento tecnológico é o processo da inovação e da introdução de novas tecnologias na prática social para sua utilização sistêmica com fins econômicos e sociais. É essa a filosofia que a SAE BRASIL adota em suas competições, que desafiam estudantes de engenharia à ousadia e à criatividade aplicada aos projetos desenvolvidos por eles”, afirma o engenheiro Ricardo Reimer, presidente da SAE BRASIL.

 

Assessoria 

Notícias relacionadas