menu

Bahia

01/11/2017


Fachin reduz valor de fiança de ex-assessor de Geddel

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin determinou a redução da fiança, de 100 para 50 salário mínimos (R$ 46.850,00), que havia sido fixado para Job Ribeiro Brandão, ex-assessor do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDMD-BA), Job e investigado em um esquema de corrupção investigado pela Lava Jato, juntamente com Lúcio e o irmão dele, o ex-ministro Geddel Vieira Lima.

As impressões digitais de Brandão foram encontradas em um apartamento de Salvador onde estavam escondidos R$ 51 milhões em espécie que pertenceriam aos irmãos Vieira.

O ex-assessor alegou que não possuía recursos para pagar o valor da fiança incialmente estipulada. Na decisão que reduziu o valor, Fachin também deu um prazo de 48 horas para o pagamento do valor. Caso isso não seja feito, Brandão corre o risco de perder o benefício da prisão domiciliar.

Brasil 257

Notícias relacionadas