menu

Brasil

26/10/2014


FHC compara movimento pró-Aécio com Diretas Já

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso comparou a mobilização do PSDB ao movimento Diretas Já, que pedia o retorno das eleições diretas na década de 80, ao fim da ditadura militar. "Eu estou otimista. Fui ao Largo da Batata (onde apoiadores de Aécio Neves fizeram uma manifestação nesta semana), em São Paulo, e senti o mesmo ânimo cívico das Diretas Já. Gente na rua", disse FHC após votar no Colégio Sion, em Higienópolis, bairro nobre da capital paulista.

O ex-presidente rebateu críticas de que a manifestação tenha sido composta de estratos mais ricos da população. "É classe média? Na Diretas Já também era classe media. Classe média é povo também", ressaltando que 70% dos eleitores de Aécio ganha até três salários mínimos.

Em tom de brincadeira, o tucano disse que pediria direito de resposta em razão das críticas da campanha do PT ao seu governo. "Há 12 anos que deturpam o meu governo", afirmou o ex-presidente, argumentando que o Plano Real reduziu a pobreza em 30% e que os programas sociais expandidos pela gestão petista começaram com o governo tucano.

"Eu gasto três vezes mais. É engraçado porque eram 75 milhões (de brasileiros à época de FHC) e agora são 200 milhões. É tudo filho do Lula e da Dilma? Não, é do Brasil. Assim são os programas sociais. Cresceram", completou.

Notícias relacionadas