menu

Brasil

06/03/2016


FHC tem apartamentos em Paris e NY, confirma ex-amanete Mirian Dutra

Em entrevista ao jornalista Joaquim de Carvalho, do DCM (íntegra aqui), Mírian Dutra, ex-amante de Fernando Henrique Cardoso, conta que o ex-presidente tem um apartamento em Nova York – segundo ela, no Trump Tower — e outro em Paris. “O Tomás fica no apartamento do pai em Nova York e, em Paris, naquele apartamento que está em nome do Jovelino Mineiro. Ele é, na verdade, do Fernando Henrique”, afirmou.

 

Mirian diz que Jovelino, um ex-aluno de Fernando Henrique, "é um operador dele". "Sabe aquele fazenda que o Fernando Henrique tem perto de Brasília? Parece que está em nome do Jovelino, mas quem comprou foi o Fernando Henrique e eu fui junto, quando ele foi ver a fazenda. Estávamos eu, ele e o Beto Carrero”, diz.

 

Mirian Dutra relata ainda que, com a ajuda do seu então chefe na Rede Globo, Alberico de Souza Cruz, se exilou em Portugal, para não causar constrangimento a seu ex-namorado Fernando Henrique Cardoso, a quem ela atribuiu a paternidade do filho Tomás, hoje com 25 anos de idade.

 

Ela disse também que Alberico se mostrava seu amigo, e até foi padrinho de batismo do filho. Mas afirmou também que suspeita que ele não a ajudou em troca de nada. Ela suspeitava que Alberico teria sido recompensado com uma concessão de TV alguns anos depois. De fato, Alberico obteve do governo federal, nos anos de Fernando Henrique Cardoso, concessão de TV. Não foi uma, mas onze concessões, todas de TV a cabo, através das empresas Divinópolis e São Luiz, mais tarde vendidas à Blue Interactive.

 

As empresas Divinópolis e São Luiz foram constituídas em sociedade com Jonas Barcellos. E quem é Jonas Barcellos? O dono da Brasif, a rede duty free concessionária do governo federal nos anos de Fernando Henrique Cardoso que, em 2002, assinou um contrato com Mirian Dutra e passou a lhe pagar 3 mil dólares mensais.

 

“O dinheiro era do Fernando Henrique. Foi um jeito que ele arrumou de mandar dinheiro para eu sustentar o filho dele, depois que a Rede Globo reduziu em 40% meu salário”, contou Mirian.

Notícias relacionadas