menu

Política

03/05/2018


Filha de Temer presta depoimento à PF no aeroporto de Congonhas

Maristela Temer, umas das filhas do presidente Michel Temer, presta depoimento na tarde desta quinta-feira à Polícia Federal, no aeroporto de Congonhas. Maristela foi intimada a falar no inquérito da Operação Skala, que apura suspeitas de corrupção que envolvem o presidente, aliados e empresas do setor portuário. A suspeita dos investigadores é de que uma reforma na casa de Maristela tenha sido utilizada para lavar dinheiro de propina destinada a Temer.

Em agenda em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, o presidente foi questionado por jornalistas sobre o depoimento da filha, mas preferiu não dar declarações à imprensa.

As suspeitas contra Temer vieram à tona depois que fornecedores que trabalharam na obra da casa da filha do presidente, localizada na zona oeste de São Paulo, admitirem que receberam pagamentos em dinheiro vivo da mulher do coronel da reserva da PM José Baptista Lima Filho, apontado por delatores como intermediador de propina para o presidente.

Os investigadores tentam descobrir se a reforma da casa foi uma maneira de lavar dinheiro proveniente de propina. Os executivos da J&F, dona da JBS, afirmaram em delação premiada que fizeram pagamentos de propina a Temer por meio do coronel Lima, que receberia esses pagamentos em dinheiro vivo. Temer já negou à PF ter recebido propina ou qualquer vantagem indevida de empresas portuárias.

O Globo

 

Notícias relacionadas