menu

Brasil

04/05/2014


Forte comoção no enterro do torcedor do Sport

EM RECIFE

 

Velado desde as 22h deste sábado, (3), na capela do Cemitério de Santo Amaro, Centro do Recife, o corpo do torcedor do Sport, Paulo Ricardo Gomes da Silva, 26 anos, foi enterrado às 14h30, deste domingo (4). Contando com a participação de um padre e um pastor, em uma cerimônia de forte emoção, o enterro foi acompanhado por centenas de pessoas. Paulo Ricardo morreu nesta última sexta-feira (1), após ter sido atingido por um vaso sanitário na saída do jogo Santa Cruz e Paraná, no Arruda.

Em sua pregação, o frei Marcelo, da Igreja Nossa Senhora do Rosário, do Pina, afirmou que não estava no local para explicar o sentido da morte. "Já sabemos o mundo em que vivemos nos dias atuais. Estou aqui para trazer palavras de esperança. Que nossa oração em comum possa enxugar as lágrimas dessa família".

Esperança essa que para alguns parentes, amigos e torcedores só será alcançada em forma de justiça. O padrasto de Paulo Ricardo, Maurício Oliveira, afirma que a família entrará com uma causa contra o Santa Cruz. "Vamos pedir justiça. Como é que o presidente do Santa Cruz afirma que não tinha ninguém no estádio? Como não tinha de dois vasos sanitários foram atirados de lá? Um absurdo ele dizer uma coisa dessas".

Esse comentário se deu em detrimento da declaração que o presidente do Santa Cruz, Antônio Luiz Neto, fez no último sábado (3). “O Santa Cruz também é vítima nisso tudo e estamos pedindo a apuração. A Polícia Militar já havia evacuado o estádio. Primeiro a torcida do Santa Cruz e depois de 15 minutos a do Paraná. Os portões foram fechados após a checagem e as chaves foram entregues ao clube. Depois aconteceu essa tragédia”, disse.

O caixão de Paulo Ricardo Gomes da Silva foi coberto com a bandeira do Sport e integrantes da organizada abriram um bandeirão na saída do sepultamento. Choros, gritos, palmas e pedidos de justiça foram entoados durante todo o caminho. "Cazá, Cazá, Cazá" foi o grito de guerra escolhido para homenagear o torcedor.

Recompensa – Um valor de R$ 5 mil. Essa é a recompensa oferecida pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), em parceria com o Disque-Denúncia Pernambuco, para quem tiver informações que ajudem a identificar o suspeito de arremessar um vaso sanitário no torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva, depois do jogo entre Santa Cruz e Paraná, na última sexta-feira (2).

De acordo com a FPF, a recompensa é um estímulo para que a população exerça a cidadania e repasse informações que ajudem na investigação sobre o assassinato. As pessoas que tiverem informações devem entrar em contato com o telefone (81) 3421-9595 na Região Metropolitana do Recife e na Zona da Mata Norte. Para os moradores do interior do Estado, o contato é o (81) 3719-4545.
 

Notícias relacionadas