menu

Brasil

13/05/2014


Fundação libera R$ 12 milhões em obras para saúde em sete municípios

Piauí

O presidente da Fundação Nacional de Saúde, engenheiro Henrique Pires, assinou ontem (12) convênios com sete municípios piauienses para obras do PAC Funasa. Essas obras estão orçadas em R$ 12,750 milhões. A solenidade de assinatura aconteceu na sede da superintendência regional do órgão, em Teresina.

Em todo o Piauí, 57 municípios estão inseridos no programa, totalizando um investimento de R$ 172 milhões. Segundo Henrique Pires, o Piauí é o terceiro estado em número de municípios contemplados, atrás apenas do Pará e Minas Gerais.

Henrique Pires destacou que a Funasa está buscando contemplar o maior número de municípios possível e até o final do ano mais prefeituras serão inseridas no programa. Mas ressalta a importância dos prefeitos fazerem projetos para que os pleitos de suas cidades possam ser atendidos.

"A contemplação de tantos municípios se dá pela competência do corpo técnico da superintendência da Funasa no Estado. A gente busca ajudar o Piauí, facilitando na busca pelo orçamento. Mas a alegria que a gente sente em trazer o recurso tem que ser a mesma do município em receber a obra. Tem uma legislação específica a ser seguida. Essa é uma preocupação que nós temos. Asseguro que todos os municípios podem contar com a presidência da Funasa", afirmou.

Ainda de acordo com Henrique, o Governo Federal tem A presidente Dilma tem investido muito em saneamento, como nunca foi investido antes na história do país.

A superintendente da Funasa no Estado, Isabel Cabral, explicou aos prefeitos que os técnicos do órgão estão a disposição para tirarem dúvidas e encaminharem seus projetos. "Peço aos gestores que concluam seus projetos. Estamos aqui a disposição. Vamos chamar os prefeitos e os gestores para virem aqui para darmos celeridade aos projetos", disse.

O prefeito de Alvorada do Gurguéia, Luis Martins, foi um dos gestores que assinou o convênio. Para a cidade, as obras que serão feitas têm fundamental importância. "Com essas obras, vamos beneficiar todas as nossas comunidades e localidades. Temos 5.107 habitantes, a maioria na zona rural. Por isso esses projetos são muito importantes", declarou.

A presidente Dilma assinou, na semana passada, a liberação de R$ 2,8 bilhões na terceira etapa do PAC 2. Serão contemplados 635 municípios ao todo, com população de até 50 mil habitantes, escolhidos através de processo seletivo da Fundação Nacional da Saúde.

(180 graus)

Notícias relacionadas