menu

Brasil

11/11/2014


Fuvest: 18 carreiras da USP têm menos de 4 candidatos por vaga

Educação

Conhecido por ser um dos vestibulares mais concorridos do País, a Fuvest, que seleciona alunos para a Universidade de São Paulo (USP), oferece 18 carreiras em que a concorrência é de menos de 4 candidatos por vaga.

Ciências da Natureza, curso oferecido pela USP Leste, é a carreira com menor concorrência do vestibular: apenas 1,76 candidatos por vaga. Medicina, na ponta oposta da tabela com 249 cursos, tem 55 candidatos por vaga.

Dentre os cursos de menor concorrência, destacam-se dois perfis: cursos em unidades fora da capital ou no campus da USP Leste e cursos que formam professores de educação básica.

Na lista estão sete carreiras oferecidas em unidades do campus de Ribeirão Preto, cinco na USP Leste, um em Piracicaba e um em Pirassununga. Alguns cursos de ciências biológicas, como enfermagem e fonoaudiologia, têm concorrência bem mais acirrada em outras unidades da universidade.

Fonoaudiologia, por exemplo, tem 8,2 candidatos por vaga no campus da capital paulista. O inscrito que decidiu tentar sua vaga em Ribeirão Preto enfrentará menos que a metade dos concorrentes: 3,6.

Baixa procura por formação de professores

Outro perfil que se destaca dentre os cursos de baixa concorrência são os cursos que formam professores. Licenciaturas em Geociências e Educação Ambiental, em Matemática e Física, em Química e em Educomunicação estão na lista dos cursos com menos de 4 candidatos por vaga.

O curso de Letras, em que o aluno pode fazer licenciatura para dar aula de línguas e literatura, tem apenas 3,76 candidatos por cada uma de suas 879 vagas. Pedagogia em Ribeirão Preto teve apenas 3,24 inscritos por vaga.

No total, o número de inscritos este ano no vestibular Fuvest caiu 17,5% em relação ao ano passado. Ao todo, 141.888 se inscreveram este ano para o exame de 2015. No ano passado foram 172.037 candidatos se inscreveram em 2014. O número é também o menor desde 2011, quando 146,8 mil candidatos se inscreveram para as provas de 2012.

 

(Do iG) 

Notícias relacionadas