menu

Piauí

02/03/2015


Governador discute parceria com Movimento Brasil Competitivo

O governador Wellington Dias esteve reunido, nesta segunda-feira (2), às 9h, com o representante do Movimento Brasil Competitivo, Cláudio Galvão. A reunião aconteceu no Palácio de Karnak e participaram a vice-governadora Margarete Coelho; a secretária interina da Segurança, Eugênia Villa; o deputado federal Fábio Abreu e os secretários da Fazenda, Rafael Fonteles; e da Administração, Franzé Silva.

O encontro serviu para tratar da adesão do estado do Piauí ao movimento pela melhoria da gestão pública no Brasil, liderado pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC), por meio do Programa Modernizando a Gestão Pública (PMGP).

Segundo o governador, “a melhoria da gestão de recursos públicos e da governança será a tônica do nosso governo. Temos como meta o aumento da receita e a qualidade dos gastos. A parceria do Movimento Brasil Competitivo, com o Estado vai garantir aos piauienses uma melhor gestão pública, principalmente da segurança pública”.

Com intuito de reduzir as desigualdades socioeconômicas, melhorar a qualidade dos serviços oferecidos à população e, consequentemente, a qualidade de vida dos cidadãos, o PMGP é responsável por implantar projetos nos Governos Federal, Estaduais e Municipais. “A nossa parceria com o Governo do Estado visa promover a eficiência de gestão, com a melhoria na aplicação de recursos públicos”, pontua o representante do Movimento Brasil Competitivo, Cláudio Galvão.

A proposta inicial de parceria do Governo do Estado com o Movimento Brasil Competitivo é na área da segurança, especialmente na captação de recursos privados, com a mobilização de lideranças empresariais locais, no intuito de firmar acordos de cooperação e captação de recursos públicos e privados a serem investidos nas áreas de segurança e justiça. “O acordo firmado servirá para que possamos aperfeiçoar os procedimentos não só na segurança pública, mas também nas áreas de Justiça e Direitos Humanos”, completa a secretária interina da Segurança, Eugênia Villa.

Notícias relacionadas