menu

Bahia

03/08/2015


Governador entrega casas a moradores da Baixa do Petróleo

Seis meses depois da destruição de 72 casas por um incêndio, igual número de unidades habitacionais será entregue, na manhã desta segunda-feira, 3, na localidade conhecida como Baixa do Petróleo, em Alagados VI, no bairro de Massaranduba.
As casas serão entregues para as famílias que perderam os bens em janeiro deste ano, quando as barracas – conhecidas na região como palafitas e que ficavam dentro do mar – foram destruídas.
O governador Rui Costa participará da solenidade de entrega dos imóveis que foram construídos dentro do programa Moradia Digna e absorveram um volume de R$ 8,69 milhões.
As novas moradias, divididas em 18 blocos com quatro unidades cada, foram construídas numa área onde também foi implantada infraestrutura como redes de água, de esgotamento sanitário, energia elétrica, além de drenagem pluvial.
No local também foi implantada uma via de borda dotada de iluminação pública e de pavimentação.
Emergencial
Todas as famílias beneficiadas são de baixa renda e os moradores receberão os documentos de posse sem que tenham de pagar pelas novas moradias.
A execução do empreendimento foi caracterizada como emergencial. O incêndio, de causas não esclarecidas, começou por volta da meia-noite do dia 14 de janeiro deste ano, destruindo rapidamente as casas feitas de pedaços de madeira, papelão e outros materiais inflamáveis.
O fogo só foi controlado por volta das 4 horas, por uma equipe do Corpo de Bombeiros. Ninguém chegou a ser atingido pelas chamas, mas algumas pessoas passaram mal em razão da fumaça. Os moradores foram atendidos por equipes do Samu e da Salvar.
Por conta disso, o governo do estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento Regional do Estado da Bahia (Conder), cadastrou as famílias para o receberem novas residências.
Enquanto os imóveis estavam sendo construídos, os cadastrados receberam o chamado aluguel social, dividido entre o estado e a prefeitura de Salvador para a locação de moradias.
Outras obras
O governo da Bahia também realiza outras obras e serviços de infraestrutura, habitação e urbanização na região dos Alagados, na localidade conhecida como Mangueira III, onde serão beneficiadas 1.245 famílias. O investimento nesta área chega a R$ 11,7 milhões e tem previsão de conclusão em outubro próximo.
Já em Alagados IV e V, no bairro do Uruguai, além de obras de infraestrutura, o governo do estado está investindo R$ 12 milhões na construção de 120 unidades habitacionais para atender 2.138 famílias. Os imóveis estão previstos para ser entregues aos moradores em dezembro deste ano.

A Tarde

Notícias relacionadas