menu

Bahia

01/12/2015


Governador reúne deputados para apresentar pacote com reajuste do ICMS

Rui Costa vai tomar o café da manhã hoje com os deputados da base aliada. No cardápio, um conjunto de 18 projetos, além do orçamento, dos quais oito estão com a recomendação para urgência, ou seja, devem ser votados e aprovados ainda este ano.

Os mais polêmicos são dois.

1 – Reajusta as alíquotas do ICMS de 17% para 18% em média. Em alguns casos, como bebidas e cigarro, pula de 25% para 28%.

2 – Mexe com o funcionalismo público, reduzindo a quase zero a venda de férias (nos três poderes), aumenta de 10 para 15 anos o direito a estabilidade salarial, sendo que hoje fica valendo o maior salário exercido por dois anos consecutivos, o que passa para cinco anos consecutivos.

Abase protesta — Nem bem foi apreciado, e o projeto de reajuste do ICMS já gera protestos. O presidente da Associação Bahiana de Supermercados (Abase), João Cláudio Nunes, diz que o projeto anda na contramão do cenário nacional e vai atingir não só as empresas, mas também os consumidores.

A Abase está mobilizando seus associados para fazer um corpo a corpo com os deputados e planeja até fazer manifestação na Assembleia no dia da votação.

Levi Vasconcelos
A Tarde
 

Notícias relacionadas