menu

Brasil

25/03/2015


Governadores da região Nordeste se reúnem com Dilma nesta quarta-feira

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), e demais governadores do Nordeste se reúnem, nesta quarta-feira (25), com a presidente Dilma Rousseff (PT), em Brasília. A pauta da reunião, que está prevista para começar às 16h, incluirá os 15 itens da Carta da Paraíba, elaborada durante o Fórum dos Governadores Nordestinos realizado em dezembro passado, no Centro de Convenções em João Pessoa.


De acordo com o governador Ricardo Coutinho, responsável por fazer a ponte entre os demais governadores do Nordeste e a presidente, o encontro terá ainda um apelo especial a dois tópicos: a estiagem na região e os ajustes fiscais feitos pelo Governo Federal.


“Será um diálogo de cobrança. E duas coisas são essenciais. A primeira delas é o combate à estiagem. Estamos há quatro anos com uma das piores estiagem que o Nordeste já viu. E não estamos tendo a política emergencial. Além da falta de agilidade nas obras estruturantes, obras hídricas, aceleração da transposição do Rio São Francisco. É preciso liberar dinheiro. O Brasil não pode cair na contramão e fechar as torneiras e achar que a única coisa que vale é o superávit”, afirmou o governador.


Carta da Paraíba
Elaborada no dia 9 de dezembro, no Centro de Convenções da Paraíba, com o intuito de ser entregue ao Governo Federal, o documento sugere 15 itens que beneficiarão os estados da região. Entre os pedidos, estão: fontes de financiamento para a saúde que garantam a elevação do patamar de atendimento à população; a votação, pelos ministros do Supremo Tribunal federal (STF) do mérito da Ação Direta de Insconstitucionalidade (Adin) 4917, que permite a entrada em vigor da Lei de royalties do petróleo; a redefinição do papel da União com a construção de uma política nacional que contemple a mpodernização das Forças de Segurança dos estados (polícias militar, civil e bombeiros) e um plano nacional integrado de combate às drogas e armas; invesyimentos na infraestrutura logística de rodovias, ferrovias, portos e aeroportos do Nordeste; a criação de uma linha de crédito especial – a Proinveste Nordeste – no primeiro tromestre de 2015 para investimento em infraestrutura nos estados, e reforço à política educacional de qualificação do ensino básico e de expansão do ensino técnico e superior.

Notícias relacionadas