menu

Ceará

22/03/2016


Governo criará Plano de Prevenção e Combate ao Trabalho Escravo

O Governo do Estado irá elaborar um plano estadual de prevenção e combate ao trabalho escravo. Em reunião nesta segunda-feira (21) com representantes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e do Ministério do Trabalho, no Palácio da Abolição, o governador Camilo Santana (PT) definiu a criação de um grupo para atuar na elaboração do plano. "Esse é um tema que me preocupa bastante e que precisamos ter um olhar muito especial", citou o governador.

Para Camilo Santana, a intenção é atuar na prevenção e, assim, erradicar o trabalho escravo do Ceará. "É muito importante trabalhar na prevenção e, também, na reinserção das vítimas no mercado de trabalho. A ideia é incluí-las nas ações que o Estado oferece. Vamos trazer essas pessoas para dentro dos nossos programas", disse. A formatação do plano, segundo o governador, envolverá ainda instituições como o Ministério Público do Trabalho (MPT) e entidades da sociedade civil. "Precisamos da integração de todos nessa iniciativa".

De acordo com Sérgio Carvalho, auditor fiscal do Ministério do Trabalho, o crime se caracteriza principalmente por dois pontos: trabalho degradante e jornada exaustiva. Ele citou a importância da pactuação com o Governo do Estado para atuar na prevenção e combate. "É fundamental o poder público estadual assumir esse compromisso de combater e erradicar o trabalho escravo. Precisamos muito avançar na prevenção e na reinserção de trabalhadores egressos e vulneráveis", disse ele.

Notícias relacionadas