menu

Piauí

14/09/2017


Governo do Estado antecipa abertura de presídio

O governo do Piauí antecipou a abertura a abertura da Penitenciária Regional Nelson Mandela, em Campo Maior, por causa da superlotação nos distritos policiais. Na madrugada desta quinta-feira (14), 15 presos da capital foram transferidos. A nova unidade penal tem capacidade de 180 vagas.

De acordo com o secretário de Justiça do Piauí, Daniel Oliveira, “o presídio é moderno e seguro e vem  reforçar uma política nossa de aumento de vagas no sistema prisional, pois observamos ano a ano, um crescimento do número de presos  e queremos garantir a ordem pública”.

O Sindicato dos Delegados do Piauí (Sindepol) denunciou a situação da Central de Flagrantes, nesta quarta-feira (13). No local foram encontrados 67 presos abrigados. Os agentes penitenciários do estado também estão em greve e os policiais militares estão garantindo a custódia dos detentos.

O secretário afirmou que a antecipação da inauguração do presídio garante a continuidade do protocolo de segurança do sistema prisional. Os relatos foram publicados no Cidade Verde.

“Continuaremos trabalhando de forma integrada com a Secretaria de Segurança Pública e o Comando Geral da Polícia Militar, para cumprir as ordens judiciais e o recebimento e custódia de detentos. Se tiver que prender, a Polícia vai prender e vamos receber os detentos, pois os interesses da sociedade estão sempre em primeiro lugar”, afirmou Oliveira.

O gerente do presídio será o capitão da Polícia Militar Thanack Hitler da Silva Costa.

Brasil 247

Notícias relacionadas