menu

Brasil

06/01/2014


Governo do Estado inaugura sede do Instituto Parque Tecnológico

ALAGOAS

O novo ano começa em ritmo acelerado na Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação de Alagoas (Secti), graças ao volume e importância das obras e ações que a pasta tem a entregar ainda no primeiro semestre de 2014. Para alinhar o cronograma com a programação dos eventos estratégicos, o secretário Eduardo Setton reuniu sua equipe, na última quinta-feira (2).

As inaugurações começam no dia 13 de fevereiro com a sede do Instituto Parque Tecnológico de Alagoas, que abriga os três polos tecnológicos em andamento: os Agroalimentares de Batalha e Arapiraca e o Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (TICS), que será erguido em Jaraguá.

Para o secretário Setton, “não podemos perder um dia sequer, pois entramos na reta final do governo e chegou a hora de colhermos os frutos desta gestão", destacou o secretário da Ciência, Tecnologia e Inovação de Alagoas, Eduardo Setton.

Também serão entregues as obras dos polos agroalimentares. O polo de Arapiraca será inaugurado no dia 14 de fevereiro. O investimento do Governo de Alagoas, em parceria com o Governo Federal, por meio da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), tem como objetivo fomentar a produção de mandiocultura e hortifruticultura da região e contribuir para o desenvolvimento social e econômico do Agreste.

Já o Polo Agroalimentar de Batalha será inaugurado no dia 21 de fevereiro, voltado para pesquisas que ajudem a produção de leite e derivados, principal economia da região. As duas obras custaram cerca de R$ 12 milhões.

Ainda em fevereiro, a sede da Secti mudará para Jaraguá, contribuindo para a criação de um ecossistema tecnológico, que está se desenhando na região, assim como o Instituto Parque Tecnológico de Alagoas e o Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços (TICS). A nova sede da Secti será inaugurada em 27 do mesmo mês.

No final de março, está programada a assinatura da ordem de serviço e início das obras do Polo de Tecnologia da Informação, Comunicação e Serviços, um investimento do Governo do Estado orçado em R$ 15 milhões, que será erguido próximo ao Centro de Convenções de Maceió.

Dentro do Programa Alagoano de Inclusão Digital, estão previstas mais entregas, tanto de telecentros em Maceió como no interior do Estado, além dos quiosques digitais em Palmeira dos Índios, Viçosa, Paulo Jacinto e Quebrangulo, projetos que envolvem investimentos do Governo de Alagoas em parceria com o Governo Federal.

"Estas ações complementam as entregas iniciadas em 2013 e representam uma quebra de paradigmas relacionados a investimentos feitos pelo Governo do Estado na área de Ciência, Tecnologia e Inovação", conclui o secretário.

No encontro de definição do cronograma de obras estavam presentes ainda o superintendente da Secti, Geraldo de Oliveira; a assessora jurídica, Ana Cecília Cahu; o coordenador do Modelo de Excelência e Gestão (MEG), Rodrigo Araújo; a coordenadora especial de Gestão, Thayse Ferro; o coordenador de RH, Glauber Magalhães; além de profissionais dos setores de Tecnologia da Informação, administrativo, comunicação e de inclusão digital.
 

Agencia Alagoas

Notícias relacionadas