menu

Brasil

27/08/2014


Governo do Estado lança Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio

Maranhão

Foi lançado nesta terça-feira (26), no Auditório Central da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) do Campus do Bacanga, o Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio no Maranhão. O Seminário Estadual é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em parceria com a Universidade Federal do Maranhão, e reuniu técnicos das instituições, professores e formadores regionais do Pacto.

O Pacto, instituído pelo Ministério da Educação, tem o objetivo de contribuir para a formação continuada dos professores por meio do aperfeiçoamento dos discentes; contribuindo para promover a valorização, rediscutir e atualizar as metodologias de ensino em conformidade com as Diretrizes Curriculares Nacionais do Ensino Médio. No Maranhão, o Pacto irá capacitar inicialmente 25 formadores regionais que, por sua vez, irão formar 746 orientadores de estudo. Esses deverão ministrar as formações aos quase 14 mil professores de Ensino Médio no estado.

O secretário de Educação, Danilo Furtado, estava presente na cerimônia e destacou a importância do projeto para educação maranhense. Segundo ele, os jovens precisam de uma escola contemporânea e de professores que estejam atualizados com o sistema educacional vigente. Ele pontuou as melhorias e insumos em infraestrutura das escolas, mas ressaltou que apenas isso não supre as demandas de ensino no Estado: “Não podemos perder o campeonato da Educação. A capacitação continuada de professores deve fazer parte da política de governo. A Seduc busca parcerias para que o ensino dos jovens torne-se cada vez mais eficiente”, disse.

Entre as articulações e estratégias traçadas dentro do Pacto Nacional para o Fortalecimento do Ensino Médio está à busca pela integração da academia, produtora de ciência, com o ensino prático no interior das salas de aula, visto que são nas áreas codificadas, como matemática e língua portuguesa os mais deficientes resultados dos estudantes de Ensino Médio. O Pró-Reitor de Ensino da UFMA, Prof° Doutor Antônio José de Oliveira reconheceu o papel da Universidade como peça fundamental para a mudança deste cenário: “É na academia que os professores são formados, então também é preciso mudar a forma com que nossos pesquisadores trabalham na educação. Temos deficiências em ciências básicas e é a formação constante destes professores que vai nos ajudar a avançar no ranking educacional”.

A coordenadora geral do projeto, Prof° Doutora Lindalva Martins, disse que o objetivo principal dos seminários são as formações continuadas dos professores do Ensino Médio, a fim de torná-los propagadores das ações dentro das suas gestões. “Queremos neste primeiro momento mostrar o que é o Pacto, para que os professores tenham uma visão total do projeto”, falou.

As formações advindas do seminário serão realizadas durante o segundo semestre de 2014, e no primeiro de 2015, com duração de 10 meses. E serão realizadas por meio de estudos semanais, de seminários regionais, estaduais e nacionais aos profissionais da rede, com apoio das instituições públicas de ensino superior e suporte financeiro e técnico do MEC.

A professora Lúcia Helena Cavalcante, gestora da Unidade de Educação de Rosário, é uma das formadoras regionais indicadas pela Secretária de Educação para ser orientadora das ações do Pacto. Para ela, o momento para a realização do projeto é oportuno: “O Pacto Nacional chega em um momento importante, precisamos de um trabalho pedagógico continuado para nossos professores, só assim nossos índices de educação vão demonstrar avanços”, concluiu.

Saiba mais

O Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio, instituído pela Portaria n° 1140, de 22 de novembro de 2013, representa a articulação e a coordenação de ações e estratégias entre a União, governos federais e estaduais para a formulação e implantação de políticas para elevar o padrão do Ensino Médio Nacional, em suas diversas modalidades, orientado pela perspectiva universal e de direito à Educação.

 

(Da Assessoria)

Notícias relacionadas