menu

Brasil

09/04/2014


Grave acidente deixa feridos em Boa Viagem

Em Recife

Um grave acidente envolvendo onze veículos, entre eles dois ônibus, oito carros e uma moto, deixou dois feridos na avenida Domingos Ferreira, em Boa Viagem, Zona Sul do Recife. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, um idoso, de 79 anos, e uma mulher, de 48, foram socorridos. Nenhum deles apresentava ferimentos graves. O homem foi levado ao Hospital da Restauração, área central da capital pernambucana, e a mulher- que chegou a ficar presa às ferragens- foi encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento, na Imbiribeira.

Segundo testemunhas, o acidente teve início depois que o motorista de um ônibus da empresa Borborema passou mal, perdeu o controle do veículo e saiu arrastando todos os carros que estavam em volta. O agente da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), Erick Santos, estava trabalhando no local e conversou com o condutor do coletivo. “O motorista disse que perdeu o controle porque teve uma tontura, e sentiu muita dor na cabeça. Depois da colisão, ele saiu desesperado do ônibus pensando que tinha matado alguém”, relatou. 

Ainda segundo o agente, as vítimas sofreram ferimentos leves. "Foi só o susto. Apesar dessa quantidade toda de veículos, só foram dois feridos. A mulher, que ficou presa às ferragens do carro, passa bem. O idoso é que sofreu um choque maior, pois bateu com a cabeça e sangrou muito, mas também não foi grave", contou.

Uma das motoristas atingida pelo ônibus, a arquiteta Karla Tavares, contou como foi o choque. “Estava voltando para casa em velocidade baixa por causa do trânsito, ouvi um barulho muito forte e em seguida senti o meu carro sendo arrastado”. Ao descer do veículo, a arquiteta ainda ajudou outra vítima a levantar. “Vi o motoqueiro que estava na minha frente no chão e fui ajudar a socorrer, mas ele também não estava ferido”.

Devido a colisão, três faixas da via ficaram interditadas por mais de quatro horas. O trecho também chegou a ficar sem energia, mas já foi restabelecida.  

(iG)

Notícias relacionadas