menu

Bahia

09/01/2017


Grupo armado invade mina de diamantes

Uma mina de diamantes foi invadida por um grupo de homens fortemente armados na cidade de Nordestina, localizada no Nordeste da Bahia. Segundo a Polícia Militar, cerca de 20 suspeitos utilizaram um carro para derrubar o portão da Mineradora Lipari, zona rural do município. O crime aconteceu por volta das 23h de domingo (08), na Mina Baraúna.

Após invadirem a empresa, os suspeitos atiraram diversas vezes usando armas nos calibres 7,62, 5,56 e 357. Após efetuarem o roubo, os homens fugiram. Guarnições da PM realizaram rondas na região, mas os suspeitos ainda não foram localizados.

Em nota enviada para a redação da Tribuna da Bahia Online a Assesoria de Imprensa da Lipari Mineração Ltda limitou-se a dizer que "confirmamos que a Mina Braúna foi alvo de assalto nesse domingo, 08 de janeiro de 2017. Por volta das 23h homens fortemente armados renderam a segurança patrimonial, invadiram o local e realizaram o crime. A empresa aguarda a investigação e informações oficiais das autoridades policiais"

Mina Braúna

A Mina Braúna é a primeira mina de diamantes na América do Sul, desenvolvida a partir de um depósito de kimberlito, a rocha fonte primária de diamante. A Mina é uma operação de mineração a céu aberto que utiliza frota e equipamentos próprios para alimentar uma planta de processamento de 2.000 toneladas de minério kimberlítico por dia, 24 horas por dia, 7 dias por semana, empregando mais de 300 colaboradores diretos e indiretos.

Tribuna da Bahia

Notícias relacionadas