menu

Alagoas

18/05/2016


Grupos prioritários têm até sexta-feira para se vacinar contra Influenza H1N1

Quem pertence aos grupos prioritários e ainda não se vacinou contra a Influenza deve se apressar. A campanha acaba nesta sexta-feira (20) nas unidades de saúde de Maceió e nos municípios alagoanos e, não haverá prorrogação. A meta prevista pelo Ministério da Saúde é vacinar 80% do grupo, mas até a manhã desta terça-feira, Alagoas tinha atingido 66,48%.

A assessora do Programa Nacional de Vacinação em Alagoas, Denise castro, afirmou que todas as pessoas que estão inseridas no grupo prioritário devem procurar os postos de saúde, porque o prazo não será prorrogado. E, lembrou que todas as unidades receberam 100% das doses de vacina, que foram destinadas pelo Ministério da Saúde para o Estado.

Pelos dados no PNI, 58,54% das crianças já se vacinaram. No grupo dos trabalhadores em saúde foi atingido o percentual de 106,43%. Já 57,07% das gestantes foram vacinadas e no caso das puérperas alcançou 75,67%. Entre os indígenas chegou a 64,05% e os idosos 67,25%. “Mesmo com esses índices, é importante que os grupos prioritários compareçam aos postos para tomarem a vacina”, frisou Denise Castro.

A influenza é uma doença transmitida por um novo tipo de vírus da mesma família que transmite a gripe. Sua transmissão acontece de pessoa para pessoa especialmente através de tosse ou espirro. São sintomas semelhantes aos da gripe comum: febre alta e tosse, mas em alguns casos também podem aparecer: dor de cabeça e no corpo, garganta inflamada, falta de ar, cansaço, diarreia e vômitos.
 

Notícias relacionadas