menu

Ceará

10/11/2015


Guarda Municipal deve começar a aplicar multas de trânsito ainda este mês

O próximo dia 20 é a provável data para que os guardas municipais comecem a aplicar multas de trânsito em Fortaleza. A previsão é do secretário da Segurança Cidadã, Francisco Veras, ressaltando que o período está sob análise na Prefeitura. Desde sábado, 7, 140 guardas habilitados reforçam o trabalho da Autarquia Municipal de Trânsito (AMC). As primeiras semanas são de orientações e abordagens educativas em praças, ruas e blitze.

Na Praça Coração de Jesus, no Centro, um dos focos é mostrar às pessoas que não é permitido fazer do local um estacionamento para motocicletas. Foi só a equipe passar na lateral da igreja, na manhã de ontem, para indicar as normas a três motociclistas. Os guardas pedem a retirada do veículo e avisam que haverá fiscalização com multas em breve. “Alguns aqui já sabem que não pode e continuam colocando moto na praça. Vai melhorar se tiver sempre essa abordagem”, opina Manoel Vieira, 52, que trabalha no local como lustrador de calçados.

Andar pelo Centro é hábito antigo do aposentado Berilo Pinheiro, 65. Rapidamente ele enumera as piores situações no trânsito do bairro: avanços de semáforo e uso indevido das calçadas. “Quase ninguém vê agentes de trânsito para fiscalizar. Cada um faz o que quer. Então, ter mais gente para educar e agir no ordenamento das ruas pode ser muito positivo”, considera.

No Parque Pajeú, educar os frequentadores é um dos desafios. Como a Escola Municipal Alba Frota tem entrada no meio da praça que fica no parque, os condutores sobem com motocicletas ou carros para levar e trazer as crianças. No lado da avenida Dom Manuel, os guardas colocaram, em parceria com a Cagece, uma pequena corrente para inibir a passagem dos automóveis. E, desde sábado, a área tem orientação junto à população. “Já ficávamos nas praças e víamos muitas irregularidades, mas sem poder fazer nada”, compara o subinspetor da Guarda, Francisco Donato.

 

Guarda de trânsito

Coibir estacionamento irregular e fazer blitze educativas nas periferias serão focos da Guarda na fiscalização em Fortaleza, informa o secretário Francisco Veras. A ação busca diminuir índices de acidentes e mortalidade no trânsito. Outra atuação possível é fiscalizar as infrações cometidas nas ciclofaixas. O efetivo capacitado poderá atuar nas equipes de ciclomonitoramento, pelotões e viaturas, sem anular a atribuição dos guardas de zelar pela segurança patrimonial. A distribuição dos guardas na nova função dependerá de planejamento conjunto com a AMC.

 

Thaís Brito
O Povo 

Notícias relacionadas