menu

Maranhão

19/12/2016


Guimarães: “Diretas Já! País não aguenta mais 2 anos de Temer”

"A saída do usurpador Michel Temer (PMDB) e a convocação de eleições diretas para escolha do próximo presidente da República, ainda em 2017, são o único caminho para a estabilidade política no Brasil", afirma o líder da Minoria na Câmara, o deputado federal José Guimarães (PT-CE), em entrevista publicada neste domingo, pela Agência PT de Notícias.

"O País não aguenta dois anos de governo Temer, um governo que está derretendo. E essa instabilidade pode criar espaço para qualquer aventura. Por isso que o melhor remédio é eleições diretas, já", garante o petista.

Na entrevista, Guimarães apontou três grandes desafios à frente da liderança da Minoria: organizar a posição ao governo ilegítimo de Temer; derrotar a Reforma da Previdência; e mobilizar o País pelas Diretas Já.

Para derrotar a proposta de Reforma da Previdência o líder da minoria conclamou a mobilização dos movimentos sociais. "Tem que mobilizar o País de norte a sul. Movimento sindical, rural e urbano precisa se dar conta da gravidade dessa Reforma da Previdência e do impacto que ela terá na vida das pessoas".

O deputado classificou ainda 2016, como o ano do terror. "Foi o ano do golpe, o ano do terror. É o ano que vai marcar para as futuras gerações. Um ano de profundos retrocessos para o povo, para os trabalhadores e para a democracia. A democracia brasileira agoniza".

Notícias relacionadas