menu

Maranhão

27/05/2016


Homenagens e emoção no velório do cantor Papete

Desde o anúncio do falecimento do cantor e instrumentista Papete, amigos e fãs se mobilizam para prestar homenagens ao músico. O músico faleceu na madrugada de ontem, em São Paulo, após ficar internado para tratamento contra o câncer de próstata.

O corpo de Papete chegou a São Luís por volta das 3h desta sexta-feira e foi levado para a Casa do Maranhão, Centro de São Luís, onde às 6h iniciou o velório apenas para família e amigos. Às 9h, o velório foi aberto ao público.
 
Emoção e homenagens marcam o velório de Papete
 

A esposa do cantor, Gisele Paiva, lamenta a perda de Papete e fala do que ele representou todos esses anos como amigo, pai e marido. “O Papete como marido, quando ficávamos em casa, ele era uma pessoa muito boa, amava muito a família e nos deixa aqui, com muitas saudades e um amor que será eternizado para sempre no coração de todos", ressalta.

Muitos artistas, cantores e compositores maranhenses, também se fizeram presente no velório e prestaram muitas homenagens ao músico que tanto o inspiravam. “Estou sem clima para nada, eu perdi um grande amigo, colega, parceiro da arte, como ninguém vai substituir. É difícil falar, estou muito emocionada e abalada”, lamenta a cantora e compositora Patativa.
 
Também compareceu ao velório de Papate, personalidades da música como o cantor e compositor Alberto Trabulsi, a cantora Cecília Leite, o cantor e compositor Gerude, o violonista Luiz Júnior, o guitarrista Chiquinho França e o empresário Fernando Sarney.
O cortejo rumo ao velório que antes estava marcado para as 15h30, foi antecipado para o horário das 14h. O cortejo seguirá para o Cemitério Jardim da Paz, no Maiobão, onde o corpo será cremado como era desejo do artista.

Notícias relacionadas