menu

Brasil

04/04/2014


Ibope diz que Eunício venceria com folga no Ceará

CEARÁ

Primeira pesquisa Ibope sobre a eleição do Ceará neste ano dá vitória folgada a Eunício Oliveira (PMDB) em todos os cenários averiguados. O levantamento, encomendado pelo PMDB em Alagoas, Ceará e Amazonas, foi divulgado ontem. Assim como na pesquisa Vox Populi/CNT revelada mês passado, Eunício venceria no 1º turno em todas as previsões feitas. Entre outros candidatos, apenas Luizianne Lins (PT) consegue passar dos 10% contra o peemedebista.

Em cenário com a ex-prefeita, Eunício ficaria 39% e a petista com 11%, com Ailton Lopes (Psol) e Nicolle Barbosa (PSB) aparecendo logo após, com 3% cada. Nesta previsão, brancos e nulos – votos que não são computados – chegam a 22%. Outros 21% não souberam ou não responderam a pergunta do Ibope.

Outros cenários, sobretudo com candidatos do grupo político de Cid Gomes (Pros), dão vitória mais folgada ao peemedebista. O presidente da Assembleia Zezinho Albuquerque (Pros), por exemplo, pontua apenas 4% contra Eunício. Quem aparece melhor entre cidistas é Mauro Filho (Pros), que termina com 9% dos votos contra o peemedebista. O vice-governador Domingos Filho (Pros) fica com 5%. A pesquisa Ibope foi a primeira em que aparecem os pré-candidatos Nicolle Barbosa (PSB), Ailton Lopes (Psol) e Camilo Santana (PT) ao Governo. Entre os três, quem vai melhor é Santana, que atinge 5% contra 40% de Eunício. No levantamento divulgado mês passado, Nicolle aparecia candidata ao Senado.

Na pesquisa estimulada para o Senado, o ex-governador Tasso Jereissati (PSDB) aparece na liderança, com 47% das intenções de voto, seguido de Inácio Arruda (PCdoB), com 22%, José Guimarães, com 5%, e Geovana Cartaxo (PSB/Rede), com 3%. Os que disseram votr branco ou nulo somaram 13%, e 10% dos entrevistados ñão souberam ou não responderam. Quando Luizianne é incluída no cenário, ela aparece com os mesmo 5% de Guimarães.

A pesquisa foi realizada entre os dias 22 e 25 de março deste ano, ouvindo 812 cearenses. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE) como CE-00002/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o protocolo BR-00059/2014.

(portal O POVO Online)

Notícias relacionadas