menu

Brasil

04/01/2016


Instituto de pesquisa aponta disputa entre Paulo Skaf e Serra em SP

O senador José Serra (PSDB) e o empresário Paulo Skaf (PMDB) disputariam o segundo turno pelo governo de São Paulo caso as eleições fossem hoje, aponta um levantamento realizado pelo instituto Paraná Pesquisas. As entrevistas foram realizadas em 68 municípios paulistas entre 16 e 20 de dezembro de 2015.

Serra aparece à frente na mostra, com 42,6% das intenções de voto, e Paulo Skaf em segundo lugar, com 30,2%. A pesquisa sobre a disputa de 2018 mostra o PT e o vice-governador, Márcio França (PSB), como nanicos. Luiz Marinho (PT), atual prefeito de São Bernardo do Campo, tem 3,2% e França, 2,2%, os dois atrás de Eduardo Jorge, do PV (3,3%).

Em um segundo cenário, com o senador Aloysio Nunes no lugar de Serra concorrendo pelo PSDB, Aloysio registra 16,9% das intenções de voto e fica atrás de Skaf, com 41,15%. Nesse caso, o petista melhora seu índice para 6,1%, subindo para a terceira posição. Nos dois cenários, Gilberto Maringoni, do Psol, fica em último.

Skaf já concorreu ao Palácio dos Bandeirantes pelo PMDB em 2014, quando ficou em segundo lugar. O ex-presidente da Fiesp pretende agora disputar a Prefeitura da capital paulista contra o petista Fernando Haddad, que tentará a reeleição. O PMDB terá de decidir se mantém sua aliança com Haddad ou se lança candidatura própria. A senadora Marta Suplicy é nome forte no partido para o cargo.

A administração do governo Geraldo Alckmin (PSDB) é considerada ótima ou boa para 29,6% dos entrevistados e ruim ou péssima para 28,5%, de acordo com a mesma pesquisa. Quarenta por cento dos paulistas responderam "regular" ao avaliar a gestão do tucano e 1,8% não sabem ou não opinaram sobre o assunto.

Brasil 247

Notícias relacionadas