menu

Sergipe

01/03/2016


JB pedirá a Dilma liberação de terreno para fábrica de cimentos

O governador Jackson Barreto (PMDB) viajou ontem a Brasília, onde cumprirá, ao longo da semana, uma ampla agenda de audiências nos ministérios em busca de recursos para Sergipe. Ele também tentará uma reunião com a presidente Dilma Rousseff, a quem pedirá que atue junto à Petrobras para que a estatal libere um terreno, no município de Santo Amaro, onde está prevista a instalação de uma fábrica de cimento do grupo M. Dias Branco. O investimento é de R$ 1 bilhão, com perspectiva de geração de 2,5 mil empregos.

De acordo com o secretário de Estado da Comunicação, José Sales Neto, o entrave colocado pela Petrobras é a existência de um poço de petróleo no local onde será construído o empreendimento. No entanto, pontua ele, a produção do poço é ínfima quando comparada ao potencial da fábrica de cimento. Sales Neto ressaltou ainda que a grande preocupação do governo estadual é que a M. Dias Branco desista do projeto em Sergipe em decorrência das dificuldades impostas pelas Petrobras. Se não fosse a existência deste poço, a obra da fábrica já teria sido iniciada.


O projeto da fábrica é constituído de uma unidade de produção de cimento operando desde a mineração até o ensacamento do produto e com capacidade de produzir 4.000 toneladas/dia. A unidade atenderá os mercados sergipanos e de outros estados do Nordeste. Para a instalação da unidade em Santo Amaro, o governador Jackson Barreto reuniu-se algumas vezes com a direção da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Petrobras e o grupo Dias Branco para resolver entraves administrativos e logísticos, mas ainda não houve avanços.


“A chegada desta fábrica em Santo Amaro tem um potencial social muito grande para aquela região. Só na construção da fábrica serão gerados dois mil empregos. Com o empreendimento em funcionamento são mais 500 empregos. Não dá para abrir mão de um projeto como este diante do momento que o país atravessa”, alertou o secretário.

Agenda
Nos ministérios, o governador Jackson Barreto se reuniu ontem com o ministro Aloizio Mercadante (Educação). Hoje, JB participará de reunião com os demais governadores do Nordeste no Supremo Tribunal Federal. Ele também terá audiência nesta terça-feira (1º) no Banco Mundial, nos ministérios do Meio Ambiente e Cidades, além de reunião com a presidente do Incra, Lúcia Falcón.


Amanhã, o governador do Estado será recebido pelo ministro Jacques Wagner (Casa Civil) e cumprirá agenda na Funasa. Na quinta-feira (3), será a vez de se reunir com os ministros da Saúde e da Justiça.  

Jornal da Cidade

Notícias relacionadas