menu

Paraíba

30/04/2014


João Pessoa comemora segundo lugar no ranking regional de geração de emprego

No dia dedicado ao trabalhador, João Pessoa comemora o saldo de quase três mil novos postos de trabalho durante o primeiro trimestre do ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). A cidade foi a segunda capital que mais gerou emprego em toda a região Nordeste.

No ranking regional, a Capital paraibana superou cidades como Recife, Salvador e Fortaleza, que são sedes de Copa do Mundo, e só ficou atrás de Natal. De acordo com o Caged, no período de janeiro a março desse ano, João Pessoa acumula um saldo positivo de 2.963 novos empregos. Por outro lado, o Estado da Paraíba apresentou desempenho negativo, com retração de 860 postos de trabalho.

No mês de fevereiro, a cidade já tinha se destacado com a criação de 2.269 novos empregos, superando em 63,83% a média de todo o Estado da Paraíba no mesmo período. Agora, João Pessoa volta a ser destaque como a segunda capital que mais cresceu na geração de emprego na Nordeste.

Para que a cidade de João Pessoa continue crescendo, o prefeito Luciano Cartaxo trabalha para atrair novas empresas e projeta mais investimentos no microcrédito e na qualificação da mão de obra. “Nossa gestão tem feito um grande esforço para ampliar e dinamizar a geração de emprego e renda na Capital, não só atraindo empresas, mas incentivando o micro e pequeno empresário. Agora mesmo, por meio do Banco Cidadão, estamos disponibilizando mais R$ 1 milhão para pequenos empreendedores, e até o final do ano estaremos investindo mais de R$ 8 milhões no programa”, destacou.

O secretário do Trabalho, Produção e Renda da Prefeitura Municipal de João Pessoa, Diego Tavares, disse que esse resultado alcançado pela cidade pelo segundo mês consecutivo é muito animador e estimulante para toda a gestão. “O prefeito Luciano Cartaxo é muito preocupado com a geração de emprego e renda, porque acredita que uma cidade não apenas se faz com obra de pedra e cal, mas com alma e esperança, daí o nosso compromisso de criar as condições necessárias para que as pessoas possam ter um emprego, um negócio e se desenvolvam”, salientou.

Em 2013 – No ano passado, João Pessoa gerou 6.958 empregos, com um crescimento de 4,23% da massa trabalhadora, sobre o total registrado até dezembro de 2012, superando o índice estadual (3,87%). Os empregos gerados corresponderam a 47,06% do total de todo o Estado, com destaque para o setor de serviços, responsável pela criação de 4.852 empregos (59,87% do total do Estado). Em seguida estão construção civil (853), comércio (790), indústria de transformação (550) e agropecuária (9). 

Notícias relacionadas