menu

Brasil

20/01/2016


Juiz reconhece corrupção na Petrobras durante Governo FHC

O juiz substituto da 3ª Vara Federal do Rio, Vitor Barbosa Valpuesta, aceitou a denúncia do Ministério Público Federal sobre pagamento de propina da empresa holandesa SBM Offshore a funcionários da Petrobras de 1999 a 2012.

Irão responder à ação penal Jorge Zelada, Renato Duque, Pedro Barusco e Paulo Roberto Buarque Carneiro, além dos ex-representantes da SBM no Brasil Julio Faerman e Luís Eduardo Campos Barbosa.

Com a decisão, o juiz Vitor Valpuesta valida o entendimento do Ministério Público Federal de que os pagamentos de propina começaram por volta de 1999, no governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

A SBM já havia admitido propina de US$ 139 milhões no Brasil, e negocia um acordo de leniência com o governo federal.

Notícias relacionadas