menu

26/03/2019


Líderes partidários na Câmara Federal decidem ‘implodir’ Reforma Previdenciária de Bolsonaro

 Dez líderes partidários assinaram nota, nesta terça-feira (26), em que se posicionam contra os parâmetros atuais da Reforma da Previdênciaproposta pelo Governo Bolsonaro.

Segundo os deputados, a Reforma deve ter como princípios maiores a proteção aos mais pobres e mais vulneráveis, e deve-se retirar do texto a parte que trata de forma igual os desiguais e penaliza quem mais precisa.

Alegações

Eles afirmam que vão suprimir da proposta os trabalhadores rurais e beneficiários do programa de prestação continuada, que são pessoas com deficiência e com mais de 65 anos que vivem em estado de miserabilidade.

Os deputados, no entanto, afirmam que a reforma é ‘importante e necessária’, mas não permitirão a ‘desconstitucionalização generalizada’.

Assinaram a nota o líder da maioria, Aguinaldo Ribeiro (PP), Baleia Rossi (líder do MDB) Wellington Roberto (PR), Jonatan De Jesus (PRB), Pedro Lucas (PTB), André de Paula (PSD) Augusto Coutinho (SD), Arthur Lira (PP), Elmar Nascimento (DEM) e Carlos Sampaio (PSDB).

Notícias relacionadas