menu

Paraíba

22/12/2017


Livraria cria conceito no NE e adota país africano para projetos sociais

Pioneira no Nordeste em livraria conceito instalada em um container, mas é em sua visão social que a Livraria Sementes, localizada no Centro de Convenções Cidade Viva em João Pessoa, se destaca nacionalmente na reinauguração: é a primeira organização com intenção 100% social. O lucro da revenda da livraria composta por um mix de 500 itens entre livros, camisetas, bonés, squeeze, molesquine, canecas e souveniers será revertido para a República de Guiné-Bissau, um dos países africanos mais pobres daquele continente, por meio do ‘Projeto Cidade Viva-África’, que vai receber uma série de investimentos nas áreas sociais como educação, saúde e de desenvolvimento econômico sustentável.

Segundo o gestor da Livraria Sementes, Francisco Souza, a visão da Sementes será a de “ser referência nacional em livrarias, como um modelo sustentável de geração de recursos para investimento social, enquanto a sua  missão é a de disponibilizar ao cristão uma experiência diferenciada de aquisição de conhecimento, despertando um relacionamento autêntico com Jesus Cristo e uma consciência social, para a construção de um mundo melhor”.

Presentear no Natal com ação social – Para pessoas que costumam atrelar suas compras com foco social tem, agora, uma ótima oportunidade, inclusive, nesse período natalino, de presentear com a variedade de itens da livraria Sementes, entre títulos e produtos. “Adquirir e ler bons livros é um grande investimento. A leitura favorece o aprendizado, aprimora a escrita e contribui para o crescimento. A livraria Sementes oferece uma grande variedade de livros e de outros produtos. Neste Natal, você pode presentear alguém com um livro e atrelar o seu presente a uma forte ação social, pois 100% do lucro da livraria sementes é destinado para Guiné-Bissau”, comenta o pastor da Rede Livre da Cidade Viva, Daniel Correia.

Além da livraria Sementes, que fica no interior do Centro de Convenções Cidade Viva, a nova gestão já pensa em expansão de filiais, dentro da mesma visão social. A livraria prevê a criação de novas unidades no bairro de Valentina, em João Pessoa, outra no Campus Metropolitano, no município do Conde, e a terceira em Campina Grande. A Livraria Sementes fica aberta diariamente no horário de 8h às 18h e à noite nas quartas, quintas, sábados e domingos.

Ações sociais do Projeto – Para o pastor da Cidade Viva, José Marcelo, entre os projetos sociais previstos com os recursos da livraria estão o treinamento de 1.123 professores da rede pública de ensino da cidade de Bafatá, cidade importante em Guiné Bissau; bolsas de estudo para estudantes universitários em Bissau, capital do país; a ampliação dos cuidados com saúde básica e nutrição nas aldeias; projetos de desenvolvimento econômico sustentável por meio do Projeto Caju (beneficiamento da castanha e do pedúnculo com a criação de vários produtos); o treinamento de professores de escolas e universidades; a reforma do Colégio Batista de Bafatá e a melhoria do desenvolvimento educacional de todos os panaceia, um segmento de ensino com mil alunos daquele país e a plantação de Igrejas locais. “Todos esses projetos estão atrelados ao evangelismo e ao discipulado. Os projetos fazem parte da nossa estratégia conjunta com a Junta de Missões Mundiais para tornar o povo guineense protagonista da sua própria história”, destacou José Marcelo, que participou da primeira visita oficial da Cidade Viva ao país africano.

Viagem para Guiné-Bissau – Líderes da Cidade Viva, no mês de setembro, realizaram uma viagem oficial para Guiné Bissau para estabelecer os primeiros contatos com governantes e líderes comunitários daquele país como forma de dialogar sobre o desenvolvimento de diversos projetos sociais. Participaram da primeira missão: o presidente do Sistema Cidade Viva, Sérgio Queiroz, a líder da Rede de Mulheres, Samara Queiroz, e os pastores José Marcelo e Thiago Dutra.

A República da Guiné-Bissau é um país da África Ocidental que faz fronteira com o Senegal ao norte, Guiné ao sul, com o Oceano Atlântico a oeste. O território guineense abrange 36.125 quilômetros quadrados de área, com uma população estimada de 1,6 milhão de pessoas. Com uma área de 36.126 km², o país é bem menor que o território da Paraíba (56.585 km²)

O Produto Interno Bruto (PIB) per capita da Guiné-Bissau e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) são um dos mais baixos do mundo. Mais de dois terços da população vive abaixo da linha da pobreza. A economia ainda muito incipiente depende principalmente da agricultura; peixes, castanha de caju e nozes moídas.

Conceito e desenvolvimento da Sementes – O novo conceito e arquitetura da Livraria Sementes foi pensado e realizado por várias mentes e mãos. A concepção e desenvolvimento do conceito foram trabalhados pelos gestores Francisco Souza e James Grisi, com a arquitetura e o design interno de Jonas Lourenço e Jô Cortez, arrumação interna dos produtos na livraria por Micheline Fabíola, além do apoio do Núcleo de Artes e Comunicação da Cidade Viva (NAC), tendo a coordenação final de José Marcelo e do presidente do Sistema Cidade Viva, Sérgio Queiroz.

 

 WSCOM

Notícias relacionadas