menu

Paraíba

04/03/2015


Luciano Cartaxo admite insatisfação da base aliada, mas não teme debate

O prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), admitiu, nesta quarta-feira (4), que existe um sentimento de insatisfação entre alguns vereadores que compõem a base aliada do governo, na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). De acordo com o prefeito petista, a convocação da secretária municipal de educação, Edilma Ferreira, para prestar contas das ações da pasta na CMJP é fruto desse descontentamento que ele acredita ter sido gerado pelo corte de auxiliares da prefeitura para a nomeação de 1.300 aprovados para o concurso do magistério.
“Eu vejo sim relação [entre o corte de auxiliares e o suposto descontentamento], existe uma insatisfação, isso é público”, afirmou.

Cartaxo disse ainda que não teme o embate com os vereadores. Ele considerou a convocação da secretária como uma ótima oportunidade para mostrar o que sua gestão tem feito pela Educação na capital paraibana.
“Vejo como uma oportunidade da secretária mostrar o que estamos fazendo. São seis escolas em tempo integral, mais de 20 creches, concurso com 1.300 vagas, 12 ônibus para buscar em casa crianças com deficiências, sobretudo, motoras. Então, a Educação tem sido uma referência na nossa gestão e Edilma mostrará isso”, afirmou.

(Do WSCOM)

Notícias relacionadas