menu

Brasil

04/11/2016


Lula age para tentar evitar debandada de parlamentares do PT

Diante da possibilidade de uma debandada de congressistas do partido, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai reunir a bancada do PT nesta sexta e na segunda para estancar o movimento.

Dirigentes petistas dizem que Lula demonstra preocupação e considera que, se não agir como força agregadora e de unificação da legenda, as disputas pelo rumo do PT podem acabar "esfarelando" o partido, diz a coluna Painel, da Folha de S.Paulo.

"Neste momento de fragilidade, se o partido ficar parado, a tendência é que haja dispersão", sustenta um deputado da sigla.

Petistas dizem que o partido está dividido em dois grupos: os que estão preocupados com sua capacidade eleitoral e os que acreditam na refundação do PT a partir do resgate de suas bandeiras históricas.

Após eleger os prefeitos que comandarão a maior fatia da população, o PSDB prevê conquistar uma bancada de 80 deputados federais em 2018, contra 54 eleitos no último pleito. Já o PT estima que pode perder metade de seus 59 deputados."

Notícias relacionadas