menu

Brasil

15/10/2014


Lula desmente Aécio sobre convite a Armínio no BC

O ex-presidente Lula desmentiu, nesta quarta-feira 15, que tenha feito convite para que o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga permanecesse no cargo quando assumiu o governo federal, em 2003. A afirmação foi feita pelo candidato do PSDB, Aécio Neves, na noite desta terça-feira durante debate na TV Bandeirantes. "Nunca fiz esse convite", afirmou Lula em nota.

"Lula, quando assumiu o governo, pediu que Armínio Fraga ficasse mais um tempo no Banco Central. Isso é história", disse Aécio durante o debate.

O candidato do PSDB também afirmou que a presidente Dilma Rousseff tem "obsessão" por Armínio Fraga e ressaltou que Lula e Antonio Palocci, ministro da Fazenda do ex-presidente petista, elogiaram o ex-dirigente do Banco Central.

"Estou impressionado com sua obsessão com o Armínio Fraga. Talvez por ele ter sido tão elogiado por Palocci e por Lula", disse.

O economista Armínio Fraga ocupou a presidência do BC durante a gestão do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Esse ano foi anunciado como ministro da Fazenda em um eventual governo Aécio.

Leia a nota:

"Ontem, o candidato Aécio Neves mentiu no debate da TV Bandeirantes ao falar que eu teria convidado Armínio Fraga para permanecer no Banco Central após o término do governo Fernando Henrique Cardoso. Nunca fiz esse convite. É lamentável um candidato falsificar fatos históricos em um debate para a Presidência da República".

Luiz Inácio Lula da Silva

Notícias relacionadas