menu

Brasil

11/06/2015


Magazine Luiza diz acreditar em um cenário econômico melhor no 2º semestre

O Grupo Magazine Luiza vai na contramão dos índices de vendas do varejo, que têm registrado grandes recuos desde os primeiros meses do ano. Ontem, em evento da organização empresarial Lide Mulher em Pernambuco, a presidente do grupo, Luiza Helena Trajano, disse que as expectativas de crescimento e lucro para 2015 se mantêm, ainda que o cenário econômico não seja dos mais favoráveis para o comércio. Entre as estratégias para movimentar a empresa, ela tem apostado nos investimentos e patrocínio do futebol brasileiro e em promoções atrativas, que vão desde a facilidade de financiamento dos produtos até sorteios de condomínios residenciais.

Luiza Trajano contou que, desde 1994, a empresa vem aumentando o faturamento anual em cerca de 20%, o que nos últimos dez anos representa um acréscimo real médio de R$ 2 bilhões ao ano. “Eu vejo que a crise é mais política do que econômica. E acho que o pior momento da economia do país já passou. O segundo semestre deve ser melhor para o país depois do anúncio dos ajustes fiscais.” Durante o evento, voltado para mulheres empreendedoras, a empresária ressaltou que o Magazine Luiza, com 58 anos de estrada, não apenas sobreviveu a diversas crises e momentos da economia brasileira, como vem crescendo durante todos esses anos.

“Fazer mais com mais todo mundo sabe fazer. Transformamos a crise em oportunidade e envolvemos toda a cadeia para acelerar a produtividade. Conseguimos reduzir 20% do custo da empresa sem cortar a equipe”, frisou. Além das ações promocionais, ela disse que investe em programas e incentivos motivacionais para os funcionários. Em 2014, o faturamento bruto do Magazine Luiza foi de R$ 12 bilhões, um crescimento de 18,7% comparado com 2013. Já o lucro líquido totalizou R$ 128,6 milhões, um aumento de 81,8% em relação a 2013.

“Não podemos divulgar números e metas de faturamento para 2015 porque a empresa está na Bolsa de Valores. Mas até agora nossas expectativas de crescimento se mantêm para este ano. Temos uma agenda propositiva com plano de ações para cenários de crise econômica”, disse Luiza. Entre os planos de expansão do Magazine Luiza, está a abertura de 50 novas lojas ainda neste ano, com investimento previsto de R$ 150 milhões e foco na região Nordeste, além de novos serviços para o e-commerce. Atualmente, a Magazine Luiza possui 24 mil funcionários, 756 lojas físicas em 16 estados, além do canal online.

Diario de Pernambuco 

Notícias relacionadas