menu

Paraíba

05/06/2015


Maior São João do Mundo começa hoje em Campina Grande

“Grande festa nordestina, forró a cada segundo, nós fazemos em Campina, O Maior São João do Mundo”. Há 32 anos, os versos do poeta Ronaldo Cunha Lima oficializam a abertura dos festejos juninos de Campina Grande. Nesta sexta-feira (5), quando o prefeito Romero Rodrigues (PSDB) encerrar sua fala, uma chuva de fogos iluminará o céu da cidade, anunciando que a temporada de forró estará aberta.
A partir de então, serão 31 noites e quase 300 horas de arrasta-pé nas palhoças, na Pirâmide e na parte superior do Parque do Povo, onde se apresentarão as principais atrações da festa. Na noite de abertura, o show principal será de Luan e Forró Estilizado, mas ainda se apresentam Os 3 do Nordeste, Biliu de Campina e Jairo Madruga, cantando o tradicional “Olha pro céu meu amor…”durante a queima de fogos.
Para este ano, a determinação do prefeito Romero Rodrigues foi que a equipe que organiza o evento promovesse um resgate das tradições culturais do Nordeste, com a valorização dos artistas regionais, quadrilhas e grupos folclóricos. Sendo assim, foi formatado um São João mais tradicional, com uma programação que atende a todos os gostos, mas que prioriza os artistas que representam o forró mais autêntico.
A programação contará com mais de 200 atrações. Nela constam nomes como Elba Ramalho, Flávio José, Ton Oliveira, Zé Ramalho, Os 3 do Nordeste, Amazan, e Biliu de Campina, todos representantes da tradicional cultura nordestina. Para o público mais jovem, a programação conta com as famosas bandas de forró estilizado.
Além dos artistas e bandas, 72 trios de forró se apresentarão nas palhoças instaladas na parte inferior do Parque do Povo e na Pirâmide, garantindo muito arrasta-pé para os forrozeiros campinenses e turistas de todo o país.
Estrutura
Registrado no calendário de eventos da Embratur como uma das cinco maiores festas populares do Brasil, O Maior São João do Mundo concentra sua programação no Parque do Povo, uma área de 42,5 mil metros quadrados, onde foi montada uma estrutura que inclui palco; 70 camarotes e um espaço front stage; área para apresentações de quadrilhas; cidade cenográfica com réplica da Catedral de Nossa Senhora da Conceição, do cassino El Dorado e do Cine Capitólio; e 300 barracas, entre restaurantes, bares e quiosques.
Este ano, o evento contará ainda com uma Central de Imprensa, espaço que funcionará no prédio do Centro Cultural e que servirá de suporte para profissionais e empresas de comunicação que estiverem fazendo a cobertura jornalística do evento.
Evento terá impacto financeiro de R$ 160 milhões
Como se vivesse um “segundo Natal”, Campina Grande tem um considerável aumento de suas receitas, durante o mês de junho, pela presença de milhares de visitantes oriundos de todas as partes do Brasil e até do exterior, para participar d’O Maior São João do Mundo. Conforme estimativas da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, o evento gera para o município uma receita em torno de R$ 160 milhões.
Em ritmo de forró, a cidade presencia, a cada ano, a lotação da rede hoteleira, das hospedagens alternativas, crescimento da movimentação nos bares e restaurantes, além do incremento de todas as suas atividades comerciais e demais setores da economia. Do vendedor ambulante de milho aos donos de casas de shows, todos são beneficiados pelo evento, considerado o mais importante do interior do país.
A estimativa, levantada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (Sede), tem como base o que foi faturado, em média, nos últimos anos, por parte do comércio local, setor de serviços, barraqueiros instalados no Parque do Povo, agentes turísticos, artesãos, setor de transportes e muitos outros segmentos envolvidos com a realização da festa.
Conforme levantamentos dos técnicos do setor de Desenvolvimento Econômico do município, a arrecadação mais uma vez será propiciada, em grande parte, pelos turistas, os quais poderão deixar na cidade uma receita estimada em mais de R$ 50 milhões. Só os gastos dos turistas nos hotéis, motéis, pousadas e casas alugadas durante o período do São João deverão superar a marca dos R$ 16 milhões.
Com alimentação, os gastos dos turistas devem gerar uma receita em torno de R$ 5 milhões.em conta os números do setor nos últimos anos. Já os gastos dos campinenses, durante a festa, deve chegar aos R$ 50 milhões os gastos do público local com o Maior São João do Mundo.
Quadrilhas juninas são destaque na programação
As quadrilhas juninas são uma atração à parte n’O Maior São João do Mundo e por isso a Prefeitura Municipal dedica uma atenção especial a elas, tanto na instalação de uma infraestrutura adequada para as apresentações, quanto na destinação de verba para custear parte dos gastos dos grupos.
A crise econômica vivida pelo Brasil atualmente forçou a prefeitura a fazer cortes nos gastos com O Maior São João do Mundo este ano. No entanto, o apoio às quadrilhas foi mantido. “As quadrilhas juninas são um patrimônio de Campina Grande, uma das principais atrações da programação d’O Maior São João do Mundo e a Prefeitura de Campina Grande, como promotora dessa festa, se sente no dever de incentivar essa que é uma das mais importantes manifestações da cultura nordestina”, disse o prefeito Romero Rodrigues, ao garantir e justificar o apoio do governo municipal às apresentações das quadrilhas durante o São João 2015.
Além do apoio financeiro, a Prefeitura também implementou mudanças na estrutura do Parque do Povo, para beneficiar as apresentações das quadrilhas. Mudanças essas que incluem um novo espaço para as exibições diárias, com a inclusão de camarins, onde os dançarinos poderão se preparar antes de enfrentar a plateia.
A nova área de apresentação das quadrilhas está montada em frente à Catedral cenográfica, na parte de baixo do Parque do Povo, onde será instalada uma estrutura móvel de tablado. No entanto, a pedido dos representantes das quadrilhas, as apresentações oficiais, válidas pelas disputas de campeonatos, acontecerão na Pirâmide do Parque do Povo.
Atualmente, a cidade possui 12 quadrilhas filiadas à Associação de Quadrilhas Juninas de Campina Grande – ASQUAJU-CG. Juntas, elas reúnem mais de 1.200 pessoas, entre dançarinos, cenógrafos, produtores e equipes de apoio.
Concurso de trios de forró é novidade na programação
Ainda dentro da proposta de resgatar o São João tradição, a Prefeitura Municipal de Campina Grande realizou, este ano, o I Concurso de Trios de Forró. Denominado de Arretado Star, o concurso reuniu 72 trios e distribuiu uma premiação de R$ 6.500,00 entre os três melhores, eleitos por uma comissão julgadora especializada.
Foram quatro etapas até a escolha dos melhores trios. Uma audição, da qual participaram todos os 72 inscritos. Nessa etapa, foram selecionados os 20 melhores trios, que participaram de uma semi final. Nessa etapa foram escolhidos dez trios, que participaram da grande final, realizada no último dia 15, na Pirâmide do Parque do Povo.
A seleção teve como objetivo incentivar, aprimorar e desenvolver a cultura musical; revelar talentos e valorizar artistas, dessa forma contribuindo para melhorar a qualidade das atrações que se apresentarão nas palhoças instaladas no Parque do Povo.
Os trios de forró são parte fundamental da programação d’O Maior São João do Mundo. Eles garantem a animação diária nas palhoças instaladas no Parque do Povo, assim como no Sítio São João, Vila do Artesão e em vários outros pontos da cidade onde aconteçam apresentações juninas. Com a realização desse processo seletivo, a Prefeitura Municipal pretende elevar o nível das apresentações desses grupos e dessa forma agradar aos forrozeiros que diariamente passam pelo Parque do Povo nas noites do mês de junho.
Programação da abertura
Palco principal
Biliu de Campina
Jairo Madruga
Luan e Forró Estilizado
Os 3 do Nordeste

Pirâmide
Rivaldo Vikings Show
Gaviões da Serra
Forró Di Pai
Hugo Sanfoneiro
Palhoça Zé Lagoa
Trio Forró Quentão
Diomedes Filho e Banda
Trio Jeito Nordestino
Palhoça Zé Bezerra
Trio Os Cabras de Lampião
Roninho do Acordeon
Trio Gaviões da Paraíba
Palhoça Seu Vavá
Abdias de Novo e Trio
Trio Raízes Nordestinas
Trio Serrano
Arraiá do Conhecimento – SESI
Quadrilhas e Grupos FolclóricosCortejo Cultural (Participação da banda Triângulo de Ouro).

WSCOM

Notícias relacionadas