menu

Piauí

16/11/2015


Maioria dos deputados federais do PI são contra o novo estatuto das armas

Um levantamento realizado pelo Jornal Diário do Povo mostra que a maioria da bancada federal do Piauí é contra o novo estatuto de armas. Pelo menos sete parlamentares são contra o texto que está sendo debatido na Câmara Federal e que flexibiliza a compra e porte de arma no Brasil.

O texto já foi aprovado na Comissão Especial da Câmara e aguarda decisão da mesa diretora para ser colocado em votação.

Entre as mudanças imposta pelo projeto está a redução da idade mínima para compra, de 25 para 21 anos de idade, e a permissão para circulação de armas em carros e locais públicos civis.

São contra as mudanças os deputados Átila Lira (PSB), Iracema Portella (PP), Assis Carvalho (PT), Maia Filho (SD), Julio César (PSD), Flávio Nogueira (PDT) e Rodrigo Martins (PSB).

Ainda segundo o levantamento do Diário do Povo, o único parlamentar do Piauí a se manifestar a favor do texto em discussão foi o deputado Silas Freire (PR). “Votei a favor do cidadão, temos o direito de nos defender da bandidagem. A luta agora é no plenário da Câmara”, afirmou o deputado.

180 graus

Notícias relacionadas