menu

Rio Grande do Norte

14/10/2014


Marinha começa a ouvir pessoas que estavam em jangada

A Capitania do Portos já está ouvindo as testemunhas do acidente com uma jangada que matou duas turistas paulistas no último domingo (12) durante um passeio nos parrachos de Maracajaú, no litoral Norte potiguar. De acordo com o capitão dos portos, Alexander Neves, os depoimentos das testemunhas começaram a ser ouvidos nesta segunda-feira (13). Josie Paiva de Oliveira Favari, de 31 anos, e a filha Melissa de Oliveira Favari, de apenas 2 anos, se afogaram após a embarcação virar no mar.
Uma das testemunhas que já foi ouvida é Alessandro Favari, pai e marido das vítimas. Pelo menos cinco pessoas que estavam na jangada também estiveram no Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) para realizar exame de corpo e delito. O caso também é investigado pela Polícia Civil do RN.

A princípio a informação é de que todos os passageiros estavam com colete salva vidas e o número de pessoas na embarcação estava dentro da capacidade máxima. A Capitania dos Portos informou que o prazo para conclusão do inquérito é de 90 dias. Em entrevista ao G1, o avô e sogro das paulistas, Valmir de Favari, cobrou investigação sobre as condições da embarcação.

Valmir soube da notícia pelo filho, Alessandro Favari, que estava na jangada com a mulher e a filha no momento do acidente. "Me ligou no domingo a tarde. Estava sem acreditar ainda. Chorou e pediu ajuda. Minha filha e irmã dele viajou para dar um apoio. O hotel em que eles estavam hospedados e o banco em que minha nora trabalhava também estão dando assistência", diz. O pai morava com a mulher e filha em São Paulo, porém sua família é de São Caetano, no ABC Paulista, onde devem acontecer o velório e sepultamento das vítimas.

Os corpos de mãe e filha foram liberados pelo Itep durante a tarde de segunda e levados para São Paulo à noite. O velório e o sepultamento aconteceram nesta terça-feira (14) em São Caetano. De acordo com Valmir de Favari, a família chegou ao Rio Grande do Norte na última sexta-feira (3) para aproveitar as férias de Alessandro. Os três retornariam para São Paulo na quarta-feira (15).

Notícias relacionadas