menu

Ceará

23/03/2015


Médica que vaiou cubanos assumirá Sindicato dos Médicos do Ceará

A médica Mayra Pinheiro – que ficou conhecida após participar de protesto contra vinda de médicos cubanos ao Estado – assumirá nesta terça-feira, 24, o comando do Sindicato dos Médicos do Ceará (Simec). Filiada ao PSDB, ela comanda cerimônia de posse nessa sexta, 27, no Centro Eventos. Ato promete discursos contra o governo federal.

Mayra disputou eleição para cargo de deputada federal em 2014. Em sua campanha, ela focou discurso crítico contra a gestão Dilma Rousseff (PT), sobretudo no programa Mais Médicos. Terminou o pleito como segunda mais votada candidata do PSDB, com 25,8 mil votos. Desde então, tem participado de atos contra a petista na Capital.


O Simec é crítico do Mais Médicos, sobretudo pela ausência de revalidação do diploma de profissionais “importados” de outros países. Segundo eles, ação prejudica qualidade do atendimento e seriam risco para a população. Em 2013, ato de médicos cearenses recepcionou profissionais cubanos com vaias e gritos de “escravos”. Imagens do ato ganharam repercussão nacional.

Na página do Simec na internet, são várias as mensagens contrárias ao Mais Médicos publicadas. Protesto contrário a Dilma Rousseff realizado no último dia 15 também tem é exibida com destaque na página inicial. Mayra assume no lugar de José Maria Pontes, ex-vereador petista que também vinha adotando discurso crítico contra o partido. 

Notícias relacionadas