menu

Bahia

16/05/2016


Metrô de salvador passa a funcionar aos domingos

A Linha 1 do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas já está em operação plena. Após cinco novos trens serem integrados à frota – totalizando 12 composições –, o metrô diminuiu o tempo de espera entre as viagens e passou a operar diariamente, das 5h à meia-noite, inclusive nos feriados.

Uma das principais reclamações do soteropolitano é relacionada ao transporte público da cidade. Os finais de semana têm sido sofridos para os usuários assíduos da condução pública, em decorrência da escassez de ônibus circulando em Salvador. Com a ampliação no horário de atendimento do metrô, ontem muitos baianos desistiram de esperar o coletivo, optando por pagar duas passagens para chegar mais rápido ao seu destino. 

A autônoma Marizete Brito Santos, 50, precisou enfrentar a chuva de domingo para ir de Brotas ao Hospital do Subúrbio, com seu esposo, o pedreiro Raimundo Araújo, 47, a fim de conseguir atendimento. “Fomos para a Estação Pirajá, e de lá pegamos o ônibus para o hospital. O ônibus demorou mais de 40 minutos pra passar. Demorou muito. Se a gente fizesse a viagem toda de ônibus, levaríamos quase duas horas pra chegar lá, mas com o metrô foi muito mais rápido”, afirmou Marizete.

“Agora temos um transporte que facilita muito. E esse funcionamento ampliado era o que precisávamos. Agora falta acelerar o processo para integrar os dois [metrô e ônibus], porque pesa no bolso pagar duas passagens pra ir e pra voltar. Tem que estender a integração logo para Pirajá, que é uma estação sempre bem movimentada”, opinou Araújo.

A estudante Karine de Oliveira Pacheco, 22, que mora na Bonocô – onde também há uma estação de metrô – comemorou o aumento no horário de atendimento. “Está me ajudando muito nas viagens para o Centro da Cidade. Levo minutos em um percurso que de ônibus levaria horas. Vai compensar muito ter metrô nos finais de semana, já que o número de ônibus diminui”.

“Pegar uma condução quando chove é muito difícil, sem falar que a ruas ficam alagadas e o trânsito um caos. Com o metrô é muito melhor, mais confortável, rápido. Acho que levamos menos de 15 minutos até aqui [da Lapa à Pirajá], gasto menos tempo agora pra ir de Santo Antonio, onde moro, até Cajazeiras”, revelou a gestora Eleonice Santos, 40.

Operação plena

Com a chegada dos novos veículos, o intervalo entre os trens, nos horários de pico dos dias úteis, caiu de nove para seis minutos. Para os horários regulares, nos dias úteis, o intervalo passou a ser de oito minutos; e 10 minutos nos sábados, domingo e feriados. Concluída a Linha 2, este tempo entre um trem e outro poderá ser reduzido para três minutos.

“A ampliação do horário da operação comercial é mais um passo em nosso compromisso em oferecer para Salvador um transporte rápido, confortável, eficiente, seguro e moderno, que atende a todos os usuários em diferentes períodos do dia com qualidade e sem interrupções, diariamente, inclusive nos feriados”, disse Luís Valença, diretor presidente da CCR Metrô Bahia. 

Tribuna da Bahia

Notícias relacionadas