menu

16/06/2019


Milhares vão ãs ruas em Hong Kong e pedem a renúncia da governante Carrie Lam

Dezenas de milhares de pessoas tomaram as ruas de Hong Kong neste domingo (16), vestidos de preto e pedindo que a líder da cidade, Carrie Lam, renuncie. A manifestação ocorre um dia depois de ela ter suspendido uma lei de extradição – um recuo importante, que já foi sua resposta a outros protestos recentes, os mais violentos em décadas.

Milhares protestam em Hong Kong contra extradição.

Alguns manifestantes carregavam cravos e outros tinham cartazes dizendo “Não atirem, somos de Hong Kong”, numa tentativa de evitar uma nova repressão violenta, como ocorreu com bombas de gás lacrimogênio e balas de borracha na quarta-feira (12), no centro financeiro da cidade.

Notícias relacionadas