menu

Sergipe

25/01/2016


Ministério do Trabalho interdita obra de Praia Formosa

 A Superintendência Regional do Trabalho em Sergipe, após realizar uma vistoria na obra que aterrou parte do rio Sergipe, no trecho conhecido como Praia Formosa, decidiu interditar todo e qualquer serviço que estivesse acontecendo a uma altura acima de dois metros, por apresentar riscos de acidente de trabalho. O local é de responsabilidade da prefeitura de Aracaju e uma das poucas obras realizadas pela atual gestão.

Segundo a Superintendência, a interdição é uma medida de urgência, adotada quando constatada situação de trabalho que caracterize risco grave e que pode causar acidente ou doença relacionada ao trabalho com lesão grave à integridade física do trabalhador. A Prefeitura de Aracaju tem um prazo até o dia 3 de fevereiro para que a empresa que está executando as obras resolva o problema.

Procurada pelo 247, a prefeitura enviou uma nota da assessoria de Comunicação da Empresa Municipal de Obras e Urbanização (Emurb).

Segundo a Emurb, "a empresa contratada para executar a obra, a MKR Construções Ltda., recebeu, na manhã da última quinta-feira, dia 21, uma fiscalização rotineira do Ministério do Trabalho, quando foi observado que, em uma das áreas de serviço, a empresa não estava cumprindo o que determina a NR-18, que estabelece normas para segurança dos trabalhadores".

Segundo a nota, "como a obra é 95% horizontal, essa interdição não compromete o andamento dos serviços enquanto a empresa se adequa a essa exigência". "Portanto, a Emurb ratifica que a obra não está paralisada e que apenas um dos serviços terá seu cronograma alterado em pouco mais de quinze dias", complementa.

Ainda assim, a prefeitura não arrisca anunciar uma data para conclusão da obra. Na última semana, a administração municipal disse que " em breve", o calçadão estará finalizado.

Notícias relacionadas