menu

21/03/2019


Moro apela até para Deus pedindo para Maia colocar projeto anticrime em votação

247 – Depois de ser repreendido pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que o chamou de ‘funcionário de Jair Bolsonaro’, o ex-juiz Sergio Moro soltou uma nota pública e apelou até a Deus para tentar forçar deputados a votar seu pacote “anticrime” e “anticorrupção”, que enfrenta resistências no Congresso. “Que Deus abençoe essa grande nação”, diz Moro ao fazer um apelo pela rápida tramitação e aprovação do seu projeto.

Moro rebateu as críticas de Maia e defendeu que o chamado pacote anticrime e anticorrupção enviado por ele ao Congresso é “amplo e inovador”. Maia havia dito que o projeto era um “copia e cola” da proposta elaborada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e que Moro precisava entender que era “um funcionário” do governo Jair Bolsonaro.

Notícias relacionadas