menu

Brasil

25/08/2016


Moro manda devolver passaporte de esposa de Cunha

Em despacho emitido ontem (24), o juiz Sergio Moro determinou que seja devolvido o passaporte da jornalista Cláudia Cruz, esposa do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. O documento havia sido entregue à Justiça pela própria defesa.

Consultados, os procuradores do Ministério Público Federal (MPF) se manifestaram contra a liberação do documento, no entanto, em sua decisão, o juiz Sergio Moro afirmou ser remoto o atendimento às condições que justifiquem a apreensão do passaporte, inclusive devido ao papel secundário da jornalista nos crimes investigados no âmbito da Operação Lava Jato.

“Considerando ainda o papel subsidiário da acusada no suposto esquema criminoso, não vislumbro razões concretas para estabelecer tal proibição, reputando remoto o risco à aplicação da lei penal especificamente quanto a ela”, escreveu o juiz da Vara Federal de Curitiba.

A jornalista só poderá deixará deixar o país, entretanto, mediante autorização judicial. No início deste mês, Moro negou requerimento da defesa para que fosse suspenso o processo contra Cláudia Cruz que corre na 1ª instância em Curitiba, recusando as alegações de cerceamento de defesa e permitindo a continuidade da ação.

Agência Brasil 

Notícias relacionadas