menu

Brasil

16/06/2015


Morre Olacyr de Moraes, empresário que ganhou fama de “rei da soja”

O empresário Olacyr de Moraes, 84 anos, morreu nesta madrugada de terça-feira (16), em São Paulo, vítima de câncer de pâncreas, descoberto no início de 2014. "É com profunda tristeza que comunicamos o falecimento do empresário Olacyr de Moraes, 84 anos, na manhã desta terça-feira, 16 de Junho de 2015, às 3:40 horas da manhã na cidade de São Paulo. Olacyr lutou bravamente contra um câncer de pâncreas descoberto no início de 2014 mas acabou sucumbindo.

 

Olacyr de Moraes nasceu em Itápolis (SP), no dia 1º de abril de 1931. Aos oito anos seus pais se mudaram para a capital e já aos 14 anos Olacyr começou a trabalhar auxiliando o pai que era vendedor de máquinas de costura.

 

O empresário ganhou fama e o apelido de 'o rei da soja' por se tornar o maior produtor mundial desse grão, ajudando a elevar o Brasil à posição de um dos maiores produtores agrícolas do planeta.

 

Criou, em 1957 com o irmão, a empresa Constran (construtora e transportadora), que atuou na área de infraestrutura. O sucesso da empreitada permitiu que Olacyr diversificasse as atividades, chegando a ter 40 empresas em ramos diversos, como mineração, agronegócio, pecuário, geração de energia, financeiro, implementos agrícolas, armazenamento e estocagem de alimentos, ferroviário. No ramo financeiro, foi dono do Banco Itamarati, que na década de 1980 foi vendido ao BCN, para evitar a falência.

 

Também foi recordista individual em plantação de milho no Brasil. Suas fazendas em conjunto com a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) desenvolveram um novo tipo de grão de soja mais adaptado ao solo do cerrado e uma nova espécie de algodão que fez o Brasil passar de importador a exportador desse produto. Foi o mais jovem brasileiro a ter um patrimônio superior a US$ 1 bilhão, segundo a revista Forbes.

Notícias relacionadas