menu

Brasil

29/01/2014


Morre quinta vítima da tragédia na Linha Amarela

RIO DE JANEIRO

Morreu, no início da manhã desta quarta-feira, Luiz Carlos Guimarães, de 60 anos, que estava internado em estado grave no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, vítima da tragédia envolvendo um caminhão que derrubou a passarela da Linha Amarela, em Pilares. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, Luiz Carlos estava internado na unidade com traumatismo craniano grave, edema cerebral e várias fraturas na costela.

O motorista Luiz Fernando da Costa, de 30 anos, que dirigia o caminhão que provocou a tragédia na Linha Amarela, foi transferido do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, para uma unidade particular em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. De acordo com a secretária Municipal de Saúde, a transferência de Luiz Fernando aconteceu durante a madrugada desta quarta-feira. O motorista sofreu uma lesão abdominal e estava sob observação na unidade.

Já Liliane de Souza Rangel, 33 anos, permanece no Hospital Municipal Souza Aguiar. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ela teve uma fratura na bacia, está sob observação e seu estado de saúde é estável, não correndo risco de morte.

Gláucia Andrade, de 56 anos, e Jairo Venatti, de 44 anos, estão nos hospitais Estadual Alberto Torres e Federal de Bonsucesso, respectivamente. Ainda não há informações atualizadas do estado de saúde dessas vítimas.

Notícias relacionadas