menu

Pernambuco

23/01/2017


Motorista da Uber é assassinado na Ponte Gregório Bezerra

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) está investigando a morte do motorista da Uber Esron Messias de Santana Júnior, 36 anos. Ele foi assassinado com um tiro na cabeça, por volta das 1h30 desta segunda-feira, em cima da Ponte Gregório Bezerra, que liga o bairro do Coque à Ilha do Retiro, caminho bastante utilizado na ligação entre a Zona Sul e a Zona Oeste do Recife. A princípio, o caso está sendo tratado como tentativa de assalto.

Segundo familiares da vítima, Esron estava voltando para casa, em Paulista, acompanhado da esposa, depois de deixar uns amigos em casa, no bairro de Piedade. O motorista, que vinha pela Avenida Sul, entrou por Joana Bezerra para cortar caminho e ter acesso à Ilha do Retiro.

De lá, ele poderia optar em seguir pela Avenida Visconde de Albuquerque, no bairro da Madalena, ou seguir pela Agamenon Magalhães com destino a Paulista, passando por Olinda. Os familiares, no entanto, não sabem dizer qual seria o caminho a ser feito por Esron. O carro da vítima, uma Tucson, capotou após ele ter sindo atingindo.

O veículo só foi retirado da ponte no final da manhã desta segunda-feira e encaminhado para o DHPP, onde vai passar por perícia. De acordo com o cunhado de Esron, o sepultamento do corpo está previsto para o final da tarde desta segunda-feira. "A esposa dele ainda chegou a ver uma pessoa armada em cima da ponte. Depois que ele foi baleado, perdeu o controle e capotou", contou Daniel Dias.

Esron, a esposa e os amigos foram assistir à partida de futebol entre Sport e The Strongest, na Arena de Pernambuco. O crime aconteceu quando a vítima estava voltando para casa. O motorista ainda chegou a ser socorrido e levado para o Hospital da Restauração, onde morreu. A esposa de Esron teve ferimentos leves.

Diário de Pernambuco
 

Notícias relacionadas