menu

Piauí

31/07/2015


“MP tem sofrido com depreciação de orçamento”, diz Procurador Geral

O Procurador Geral de Justiça do estado, Cleandro Moura, teve breve participação no Jornal do Piauí nesta quinta-feira (30/07), onde comentou a atual situação do Ministério do Público, com relação a déficit de servidores e construção de uma sede própria.

Por estar no início do mandato, o novo procurador está ainda em fase de análise do andamento do órgão. "Estamos analisando a situação do Ministério Público, que nesses quatro anos avançou bastante, inclusive na aproximação da sociedade, e com pessoal qualificado podemos prestar serviço de melhor qualidade para a população", disse.

Um de seus desafios, a construção de uma nova sede para o MP, já está sendo planejada. "Almejamos dar inicio à construção, dependendo dos recursos orçamentários. Hoje o MP aluga vários prédios para alocar pessoal e estrutura e pretendemos construir um prédio que possa abrigar a todos e dar melhor estrutura aos membros e abrir as portas para a população."

Para o orçamento de 2016, ele conta que deseja ser contemplados com um orçamento mais justo. "O MP tem sofrido com depreciação do orçamento, não temos sido contemplados como deveríamos. Criamos duas comissões de orçamento; uma para revisar a execução do orçamento atual e outra para elaborar o de 2016 e o plano plurianual para orçamento nos próximos quatro anos."

Atualmente, o MP conta no estado com 55 promotorias sem titular. "Quero nomear promotores e servidores para que a prestação de serviço seja qualificada e a demanda da população seja adequada. O MP conta com a pooulção como um grande aliado nessa luta de melhorar. Temos a falta de promotores principamete no sul do estado e temos que deslocar promotores de varias regiões para dar atendimento a essa demanda. É uma das prioridades", afirmou.

180º

Notícias relacionadas